Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 4,9953 | Euro R$ 5,4069
Search

Mulher é internada com AVC após tomar 72 pílulas do dia seguinte

Jovem não tomava pílula anticoncepcional a pedido do namorado

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 05 de dezembro de 2023 - 14:34
Jovem está usando cadeira de rodas para se locomover
Jovem está usando cadeira de rodas para se locomover -

Uma mulher compartilhou em suas redes sociais que sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC), após tomar 72 pílulas do dia seguinte em três meses. A mulher, que não se identificou, conta que ingeriu os medicamentos contraceptivos em excesso por não ter conhecimento sobre a nocividade do remédio.

A jovem conta que não tomava anticoncepcional por conta do seu namorado, que dizia que o medicamento atrapalharia sua libido. Ela ingeria a pílula do dia seguinte a cada relação sexual que o casal tinha.


Leia também: 

Naiara Azevedo revela não ter acesso às suas contas bancárias; dinheiro é controlado pelo ex-marido

17ª edição da Parada LGBTQIA+ acontece neste domingo (03) em Icaraí


Logo, a mulher começou a ter reações adversas: sua menstruação começou a ocorrer de duas a três vezes por mês, além de sentir tonturas e dificuldade para andar. Ela foi levada às pressas ao hospital após um desmaio.

Questionada sobre o uso contínuo dos remédios, a jovem ouviu do médico que ela estava viva por sorte, e que poderia ter sequelas para o resto da vida. No vídeo, ela conta que, agora, precisa de cadeira de roda para andar, e que seu namorado desapareceu.

Segundo especialistas, a pílula do dia seguinte deve ser tomada o mais rápido possível após a relação sexual, devendo ser ingerida até 72h depois do ato. O uso recorrente do medicamento não é recomendado, pois, além de oferecer riscos à saúde, também pode diminuir sua eficácia.

Matérias Relacionadas