Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 4,9892 | Euro R$ 5,4003
Search

Em entrevista, Alexandre Corrêa nega ter agredido Ana Hickmann

O empresário precisou se retirar durante o programa, alegando estar “passando mal”

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 30 de novembro de 2023 - 12:32
O empresário negou ter agredido a apresentadora
O empresário negou ter agredido a apresentadora -

O empresário Alexandre Corrêa foi a um programa de rádio na noite da última quarta-feira (29), para dar sua versão sobre a acusação de agressão física feita pela ex-esposa, a apresentadora Ana Hickmann. Ana falou sobre o caso pela primeira vez no último domingo (26), em entrevista ao Domingo Espetacular, da Record.

Durante a entrevista, a apresentadora explicou o que aconteceu no dia 11 de novembro, que a levou a denunciar o ex-marido por agressão física. "Eu estava tendo uma conversa com meu filho, na cozinha, sobre algumas mudanças que provavelmente aconteceriam na nossa vida, com relação à nossa casa, com relação a algumas coisas com as quais ele estava acostumado [...] Por conta dessa conversa, e de outras coisas que aconteceram antes, a briga começou. Comecei a ser achincalhada pelo Alexandre, começamos com uma briga verbal, e aí tudo infelizmente acabou terminando do jeito que, depois, o Brasil descobriu", disse Hickmann.


Leia mais:

Pedido de divórcio pela Lei Maria da Penha teria sido negado a Ana Hickmann

Vítimas de violência doméstica terão desconto em aplicativo para delegacia no Rio


No entanto, segundo a versão dada por Alexandre durante o programa Chupim, da Rádio Metropolitana FM, apesar da briga realmente ter acontecido, a agressão não ocorreu.

"Meu filho entrou em choro compulsivo, de uma maneira que ele nunca tinha chorado, aquilo me deixou muito abalado, muito consternado, e eu me ausentei. Depois de um certo tempo, voltei", começou o empresário.

"A discussão foi esquentando, esquentando, esquentando, esquentando, até que saímos para uma área de churrasqueira, ela falou de chamar a polícia, eu entrei em parafuso, fiquei completamente desesperado.”

"A discussão continuou, no que ela foi passar pela porta e fechar, eu segurei a porta com o pé e o trinco bateu no braço dela, eu vi que ela machucou o braço, foi que ela fechou a porta para poder ligar para a polícia, porque eu não queria que ela ligasse, não havia necessidade.", contou Alexandre, que negou ter agredido a apresentadora: "Não houve agressão, eu jamais tentei dar uma cabeçada na Ana, você não fica próximo de alguém e tenta dar uma cabeçada. Eu não dei chute, não dei soco, não dei tapa, não tentei dar cabeçada."

"Sim, a discussão foi tensa, palavras pesadas foram usadas, houve troca de acusação, sim. Mas eu jamais, nunca toquei a mão numa mulher, no sentido de tentar agredir fisicamente", finalizou o empresário, que alegou estar passando mal e se retirou do estúdio.

Alexandre chegou a se declarar para a ex-esposa, mas disse entender a decisão dela de se divorciar. “Eu tinha uma família linda, eu tinha uma esposa perfeita. No meu entendimento, no meu ponto de vista, em 25 anos tivemos muito mais momentos de felicidade do que de agonia, de aflição. Eu amo a Ana, mas vou ter que aprender a não amá-la. Vou ter que deixar de amá-la, especialmente por respeitar a decisão e a dor dela”, finalizou.

Matérias Relacionadas