Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 4,9953 | Euro R$ 5,4069
Search

BR-101, no Gradim, volta a receber protestos por falta de energia

Rodovia voltou a ser interditada por manifestantes, que cobram regularização do fornecimento de luz

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 20 de novembro de 2023 - 17:16
Trecho tem recebido protestos desde domingo (19)
Trecho tem recebido protestos desde domingo (19) -

Os protestos de moradores insatisfeitos com a demora no reestabelecimento do fornecimento de energia elétrica em São Gonçalo voltaram a interditar a rodovia BR-101, na altura do Gradim, na tarde desta segunda (20). Segundo a concessionária que gere a via, a Arteris, ambos os sentidos da rodovia foram bloqueados por volta das 15h.

As manifestações no trecho acontecem desde domingo (19), por conta da falta de energia na região e em outros bairros de SG e de cidades vizinhas, como Niterói e Itaboraí, que já se estendem desde a noite do último sábado (18). Moradores cobram que a concessionária responsável pela distribuição de energia, a Enel, acelere os reparos na rede local.


Leia mais sobre a falta de energia:

➢ Moradores fazem novas manifestações contra Enel após falta de luz

➢ MPRJ apura a falta de atendimento da Enel, que deixou diversos bairros de Niterói sem luz

➢ Vereadores de SG protocolam pedido de abertura de CPI da Enel


Segundo a Arteris, o bloqueio desta tarde aconteceu na altura do km 317. Mais tarde, apenas a pista sentido Espírito Santo permaneceu bloqueada. Por volta das 16h40, apenas uma das faixas da pista seguia bloqueada. O congestionamento provocado pelo protesto deixou uma fila de veículos de 3 km, de acordo com a empresa.

Mais cedo, agentes da PRF informaram que estiveram no local e ajudaram a reestabelecer o tráfego, além de contatar a Enel para o atendimento aos reparos cobrados pela população. Agentes da Polícia Militar também informaram ao OSG que estiveram auxiliando na dispersão de protestos em outra via: a RJ-104, que recebeu manifestações me diferentes pontos.

Na última nota emitida pela Enel nesta segunda (20), a empresa informou que o fornecimento de energia já foi normalizado para "93% dos clientes afetados pela intensa tempestade registrada na noite de sábado (18)" e que "segue trabalhando com força total para recuperar todos os clientes o mais rápido possível".

Matérias Relacionadas