Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 4,9892 | Euro R$ 5,4003
Search

Prefeitura conclui contenção de encosta da Paróquia Santo Cristo dos Milagres, no Fonseca

Acessos à igreja foram concretados, ganharam novas escadas e guarda-corpos

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 05 de julho de 2023 - 08:33
Os pontos de contenção ganharam novas estruturas com cortina atirantada, canaletas, drenos profundos e os grampos
Os pontos de contenção ganharam novas estruturas com cortina atirantada, canaletas, drenos profundos e os grampos -

A Prefeitura de Niterói finalizou mais uma obra que integra o conjunto de investimentos em resiliência inseridos no Plano 450 Anos. Na manhã desta terça-feira (04), foram entregues as novas estruturas de contenção e acesso à Paróquia Santo Cristo dos Milagres, no Fonseca. Foram investidos R$ 7,5 milhões para a contenção da encosta no terreno onde está situada a igreja e em outros dois pontos na região: um na Travessa Santo Cristo e outro na Rua Hélio.

Os pontos de contenção ganharam novas estruturas com cortina atirantada, canaletas, drenos profundos e os grampos. Também foi feita a concretagem dos acessos e a instalação de guarda-corpos. O prefeito Axel Grael destaca que a nova estrutura beneficia os frequentadores da igreja e todos os moradores do entorno.


Leia também:

➣ Apae Niterói promove festa julina beneficente na próxima sexta

➣ Prefeitura de Niterói promove repescagem para entrega dos cartões da Moeda Arariboia 


“O que nós estamos vendo aqui hoje pronto é resultado de um processo que tem muitas etapas. A consequência dessa obra traz estabilidade para a infraestrutura da igreja, mas também protege quem mora aqui embaixo. São 70 obras que estamos executando neste momento na cidade que, juntas, somam 500 intervenções de todos os tamanhos, algumas são uma escadaria de acesso numa determinada comunidade, outras são um grande complexo de estruturas, como no parque Orla de Piratininga em volta da lagoa. A cidade nunca viu tanto investimento em infraestrutura”, ressalta.

Para o vice-prefeito Paulo Bagueira, a contenção na Paróquia Santo Cristo dos Milagres vai dar mais segurança aos fiéis que vão a igreja. Ele elogia ainda o papel social desenvolvido pelo templo.

“Essa obra é também um reconhecimento da importante relação que a igreja tem com a nossa sociedade., como espaço de convivência, fé e congregação das pessoas. E eu acho que é um governo tem um papel fundamental ao reconhecer isso”, considera.

De acordo com o secretário municipal de Defesa Civil, coronel Walace Medeiros, a nova estrutura dará maior estabilidade ao terreno da igreja, eliminando os riscos de deslizamento.

“Essa igreja fica em uma encosta com uma declividade bastante alta. E com o passar do tempo, o processo erosivo em uma área que não era coberta permite a entrada de água. Com isso, o solo foi se movimentando ao longo dos anos e com chuvas fortes ele começou a trazer alguns transtornos para a estrutura da igreja e trazer muitos prejuízos para quem mora lá embaixo.  O muro de contenção e a impermeabilização vai manter a igreja estável, com segurança e também para os moradores que estão na parte de baixo”, explica.

O Arcebispo Metropolitano de Niterói, Dom José Francisco Rezende, esteve na Paróquia Santo Cristo dos Milagres e agradeceu ao prefeito Axel Grael pela obra.

“Quero agradecer ao prefeito e a todos aqueles que se empenharam para que essa obra pudesse acontecer. É um processo onde muitas pessoas se envolveram, muitas pessoas trabalharam para que haja mais segurança, não só para os católicos, a população católica que frequenta a igreja, mas todos aqueles que aqui no entorno possam ter essa segurança. E tudo isso são obras que envolvem até muitos gastos e às vezes as pessoas não reconhecem porque não aparece aí para todo mundo ver. Mas eu acho que o importante é fazer o que é essencial, o que é fundamental para a gente. E a gente agradece em nome da nossa arquidiocese, manifestando essa comunhão”, disse o sacerdote.

Comunidades - Além das intervenções no Morro do Santo Cristo, o município vai levar obras de infraestrutura, urbanização, contenção de encostas e acessibilidade para mais 21 comunidades. A previsão é de que, este ano, o investimento nas comunidades chegue a R$ 350 milhões. As obras que começarão este ano vão beneficiar as comunidades Maceió; Bonsucesso; Caniçal; Morro do Estado; Morro do Palácio; Papagaio; Sabão; Vila Ipiranga e Morro do Cavalão, entre outras.

Atualmente, existem obras em andamento nas comunidades do Morro Boa Vista; Morro do Zulu; Palmeira; Eucalipto e Jacaré, entre outras. Em 2023, serão entregues 10 mil títulos de regularização fundiária em todas as regiões de Niterói. Apenas na Comunidade da Ciclovia, em Piratininga, serão 1.277 títulos.

Matérias Relacionadas