Dólar R$ 5,2141 | Euro R$ 5,5468
Search

2022: Direito Ead UNIVERSO terá preparatório especial para prova da OAB e mercado de trabalho

Entenda como funciona o Exame da Ordem e como conseguir boa pontuação

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 20 de agosto de 2021 - 10:33
Professores do Direito EAD UNIVERSO
Professores do Direito EAD UNIVERSO -

Um dos momentos mais esperados  e temidos — por todo estudante de Direito é a prova da OAB. A Ordem dos Advogados do Brasil é o órgão de classe que representa os advogados. Por isso, para exercer a profissão, é fundamental estar regularmente inscrito e receber a carteira da OAB, também conhecida como “vermelhinha”, o que acontece após ser aprovado no Exame da Ordem.

Mas quando começar a estudar para o Exame? Quando é o momento ideal para se inscrever? Existem estratégias para conseguir boa pontuação? Com previsão de início no primeiro semestre de 2022, o curso de Direito EAD UNIVERSO pretende dar atenção especial ao processo preparatório para a prova OAB, assim como na inserção do aluno no mercado de trabalho. 

Como já divulgado em reportagem anterior, a chegada do curso Direito EAD UNIVERSO acompanha a transformação digital pela qual passa todo o sistema judiciário.

Segundo a advogada e professora Michele Penha da Silva, o aluno vivenciará a experiência do judiciário digital desde o início do curso, como ocorre atualmente na prática cotidiana. “Meu escritório, por exemplo, faço atendimento por videoconferência. As audiências são feitas remotamente, e cada um na sua casa recebe um link via e-mail. Na plataforma de ensino,  também teremos essa possibilidade. Dentro da plataforma, haverá audiências online, o aluno vai ter acesso a tudo isso remotamente como é a prática hoje no judiciário”, explica.

Além disso, o cronograma de disciplinas foi reformulado para que o aluno comece a se preparar para o Exame da Ordem desde o primeiro período, diferente de como ocorria anteriormente, quando a matéria era vista mais para o final do curso. 

“A OAB é a menina dos nossos olhos. O grande diferencial dessa plataforma é que o aluno vai ter acesso à chamada avaliação diagnóstica. Ele irá abrir a plataforma, fazer uma prova  modelo OAB, Enade ou qualquer outro concurso, e ter um resultado não somente de pontuação, mas resultados dentro do conteúdo, com avaliação dos pontos fortes e fracos. Por exemplo, está fraco em processo penal? Em qual parte do processo penal está mais deficiente? Isso vai possibilitar ao aluno ter esse raio-x da sua situação e aí, sim, buscar junto ao professor e a coordenação um curso de aprimoramento e leitura de material complementar”, explica a gestora do curso, Priscila Lima Rosa. 

Imagem ilustrativa da imagem 2022: Direito Ead UNIVERSO terá preparatório especial para prova da OAB e mercado de trabalho
 

Com foco no resultado OAB, o corpo docente estabeleceu a avaliação diagnóstica que irá, de forma complementar, preparar o aluno também para a prova Enade, concursos e mercado de trabalho em geral.

A graduação oferece, ainda, cursos de nivelamento ao longo dos semestres, visando aprimoramento individual do aluno. “As áreas de interesse do aluno que se matricula em Direito variam. Temos alunos que iniciam Direito e já são formados em outras graduações, outros já entram com certa dificuldade na escrita, outros são muito bons em história, varia de aluno para aluno, e o professor percebendo essas dificuldades, dá uma atenção especial para aquele aluno”, completa o professor Marco Antônio da Silva.

A dica geral para os futuros estudantes Direito EAD para a prova OAB e concursos é, além de aproveitar todos os benefícios do ensino remoto desde o primeiro período de curso, organizar uma rotina de estudos que tenha entre no mínimo 3 e 6 meses.

Como funciona o Exame da Ordem ou Prova OAB?

Todos os estudantes matriculados a partir do 9º período ou 4º ano do curso e os bacharéis em Direito podem fazer a prova. Em geral, são realizadas três provas por ano, em datas determinadas e divulgadas todos os anos pelo órgão, compostas por duas fases. A primeira etapa da prova é composta por 80 questões de múltipla escolha, com 4 alternativas cada e apenas uma correta. Não é possível usar livros para consulta, nem mesmo o Vade Mecum ou outros materiais com a lei seca. São cobradas 17 matérias.

O candidato tem 5 horas para resolver a prova, já incluído o tempo para preenchimento do gabarito. Para ser aprovado e ir para a segunda fase, é necessário acertar pelo menos 50% do exame, ou seja, 40 questões.

A segunda etapa consiste em uma prova prático-profissional, em que o candidato deverá elaborar uma peça processual específica, de acordo com o problema apresentado, e responder  a quatro questões discursivas em cinco horas. Nessa fase, o candidato pode consultar a lei, sem anotações ou comentários.

Se foi aprovado na primeira fase, mas reprovou, se ausentou ou foi eliminado da segunda, é possível se inscrever para fazer apenas a prova prática na edição seguinte. Além de aproveitar o resultado positivo da primeira fase, a repescagem permite que o candidato altere a disciplina escolhida para a segunda fase.

Corpo docente do curso de Direito da UNIVERSO EAD:

Priscila Lima Rosa - Gestora do Curso

Advogada, membro do Núcleo Docente Estruturante do curso (NDE). Professora, Mestre em Psicologia Social, Pós-Graduada em Direito Privado pela Universidade Salgado de Oliveira (Universo), Professora da Graduação e Pós-Graduação da Universidade Salgado de Oliveira e da Pós-Graduação CBEPJUR/UCAM. 

Desembargador Nagib Slaibi Filho - Professor e membro do Núcleo Docente Estruturante do curso (NDE) 

Magistrado de carreira no Estado do Rio de Janeiro. Professor e conferencista de Direito. Autor de livros e artigos sobre temas jurídicos. Presidente da 6ª Câmara Cível e membro efetivo, na cota de antiguidade, do Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. Professor Titular da Universidade Salgado de Oliveira (Universo), desde agosto de 1997. Pós-doutorando em Direito, pela Universidad Del Museo Social Argentino (UMSA), Buenos Aires (Argentina), em 2014. Doutor em Direito pela Universidade Gama Filho (2012). 

Matilde Carone Slaibi Conti - professora e Membro do Núcleo Docente Estruturante do curso (NDE)

Possui graduação em Direito - Ciências Jurídicas pela Universidade Cândido Mendes (1990), graduação em História pela Universidade Salgado de Oliveira (2010), graduação em Odontologia pela Universidade Federal de Juiz de Fora (1962) e doutorado em Ciências Jurídicas e Sociais - Universidad del Museo Social Argentino (1999). Professora titular da Universidade Salgado de Oliveira. 

Durval Duarte Neto -Coordenador do Núcleo de Prática Jurídica (NPJ)

Gestor do curso de Direito da UNIVERSO SG e membro do Núcleo Docente Estruturante do curso (NDE). Graduado em Direito pela Universidade Salgado de Oliveira (2003). Pós-graduado em Direito do Trabalho e Direito Processual do Trabalho pela UNIDERP. Professor de horário integral da Universidade Salgado de Oliveira, desde 2007. Gestor do Curso de Direito da Universo Campus São Gonçalo desde 2012 e do Núcleo de Prática Jurídica desde 2010. 

Michele Penha da Silva Araujo de Oliveira – Professora

Advogada civilista, membro do Núcleo Docente Estruturante do curso (NDE). Professora, Doutoranda em Direito Empresarial e Financeiro e Doutoranda em Educação. Mestre em História Social e Política do Brasil, Pós-Graduada em Direito Privado pela UFF (Direito Civil e Empresarial), Professora titular  de Processo Civil da Universidade Salgado de Oliveira; Professora de Processo Civil da Pós-Graduação em Direito Privado na UFF, da Pós-Graduação da Universidade Salgado de Oliveira e da Pós-Graduação ESA/CBEPJUR/UCAM. 

Marco Antônio da Silva – Professor

Advogado criminalista, membro do Núcleo Docente Estruturante do curso (NDE). Mestrando em Direito e Negócios Internacionais. Especialista em Direito Penal, Direito Processual Penal, Direito do Consumidor e Responsabilidade Civil. Professor de Pós Graduação da Universidade Salgado de Oliveira; Professor de Pós Graduação da ESA - UCAM- CBPEJUR e Professor de Pós Graduação da Universidade Veiga de Almeida. Autor do livro "Processo Penal Resumido". 

Paulo Cesar Cavalcanti – Professor, advogado

Mestre em Direito pela UCAM, sendo a área de concentração: Direito Econômico e Desenvolvimento, Professor Universitário, Conselheiro da Ordem dos Advogados do Brasil, 8ª subseção, Vice-presidente da Comissão de Prerrogativas da 8ª Ss, Diretor da Escola Superior da Advocacia - ESA da OAB/RJ 8ªSs, militante na área de Direito do Trabalho, exerce grande conhecimento na área contábil, especialista em Compliance Trabalhista e autor de diversas obras jurídicas.

Lauriani Porto Albertini - Professora

Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal de São Carlos (2002), mestrado em Ciências Sociais pela Universidade Federal de São Carlos (2006) e Doutorado em Ciência Política pela Universidade Federal de São Carlos (2011). Atua como professora da Universidade Salgado de Oliveira. Professora Pesquisadora do Núcleo de Pesquisa e Produção Acadêmica (NEPAC) do Curso de Direito da Universidade Salgado de Oliveira, campus São Gonçalo.

Marcella da Costa Moreira de Paiva - Professora

Professora Universitária na Pós-Graduação de Processo Civil e Gestão Jurídica no Instituto Brasileiro de Mercados de Capitais (IBMEC). Professora Universitária do Curso de Direito na Universidade Salgado de Oliveira (UNIVERSO). Doutoranda em Direito no Programa de Pós-Graduação em Direito, Instituições e Negócios (PPGDIN), na Universidade Federal Fluminense. Mestra pela Universidade de Vigo, Espanha. Mestra em Justiça Administrativa, sob a linha de pesquisa Ética e Justiça, na Universidade Federal Fluminense.

Simone Brilhante de Mattos - Professora

Possui graduação em Direito pelo Instituto Metodista Bennett (1987), mestrado em Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Direito pela Universidade Federal Fluminense (2017) e mestrado em Sociologia e Direito pela Universidade Federal Fluminense (2017). Atualmente é professora docente da Universidade Salgado de Oliveira.

Luciana Raybolt da Silva Campanatti Guerson - Professora

Advogada, mestre em Psicologia Organizacional. Especialista em Direito da Administração Pública. Professora docente da Universidade Salgado de Oliveira.

Matérias Relacionadas