São Gonçalo registra queda de 17% no número de enterros por Covid-19 em maio

Em média, 11 pessoas foram sepultadas por dia na cidade por conta da doença

Escrito por Daniel Magalhães 15/06/2021 14:14, atualizado em 15/06/2021 15:03
Foram registrados 356 sepultamentos por Covid-19 no mês passado
Foram registrados 356 sepultamentos por Covid-19 no mês passado . Foto: Leonardo Ferraz

Após um significativo aumento no número de sepultamentos por Covid-19 nos meses de fevereiro, março e abril, São Gonçalo registrou queda no números enterros de vítimas da Covid-19 no mês de maio. A redução, no entanto, ainda é pouca, o que significa que os cuidados ainda devem ser mantidos.

Segundo levantamento mensal do OSG, com base nos dados dos cemitérios municipais fornecidos pela Prefeitura de São Gonçalo e os dois cemitérios particulares da cidade, o Cemitério Parque da Paz e o Memorial Parque Nycteroy, no Pacheco e em Laranjal, respectivamente, a cidade registrou 356 sepultamentos por Covid-19. No mês de abril, o número de vítimas sepultadas em decorrência da Covid-19 foi de 430. Uma queda de 17% em relação ao mês passado. 

Em média, 11 vítimas da Covid-19 foram sepultadas por dia em São Gonçalo. Em abril, esse número era de 14 pessoas. 

Leia mais:

Enterros de vítimas da Covid-19 em SG crescem 54% em abril em comparação a março

Enterros por Covid-19 em SG crescem 173% entre fevereiro e março

São Gonçalo registra queda de 43% de enterros por Covid-19 em janeiro

Segundo o último boletim epidemiológico da Prefeitura de São Gonçalo, o município registra 85.486 casos confirmados de Covid-19. Destes, 80.650 estão curados e 2.552 morreram por causa da doença. A cidade continua na fase 2 ou fase laranja, o que representa risco médio de contágio. Na última segunda-feira (14), foram registrados 10 óbitos causados pelo novo coronavírus. Segundo a prefeitura, as mortes ocorreram entre os dias 27 de março e 6 de junho. 

Leitos para pacientes com Covid-19 em São Gonçalo

Atualmente, São Gonçalo conta com 145 leitos para tratamento de pacientes com Covid-19, sendo 82 de enfermaria, 57 de CTI e 6 leitos de Sala Vermelha. Destes, 80 estão ocupados, o que representa uma taxa de ocupação de 55%.

A situação é preocupante nos leitos de CTI dos hospitais que realizam tratamento contra Covid-19 em São Gonçalo que estão com ocupação de 87%. Segundo relatório da Secretaria Municipal de Saúde e Defesa Civil, publicado no Diário Oficial da última segunda-feira (14), 6 dos apenas 7 leitos de CTI do Pronto Socorro Infantil Darcy Vargas e do Pronto Socorro Central Dr. Armando Gomes de Sá Couto estão ocupados.

No Hospital Franciscano Nossa Senhora das Graças, todos os 17 leitos de CTI estão ocupados. No Hospital Franciscano Nossa Senhora das Graças, 21 dos 26 leitos de CTI estão sendo utilizados para o tratamento de pacientes. 

Ritmo da vacinação em São Gonçalo

Seguindo o Plano Nacional de Imunização (PNI), São Gonçalo vacina hoje pessoas da população em geral com mais de 52 anos. Além de trabalhadores da Educação, profissionais de Educação Física, guardas municipais e veterinários, com mais de 18 anos, que precisam comprovar vínculo empregatício ou de residência com São Gonçalo. Porém, não é possível saber a quantidade exata de vacinados no município, pois a última atualização na planilha de vacinados disponibilizada no site da prefeitura aconteceu no dia 31 de março.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas