Enterros por Covid-19 em SG crescem 173% entre fevereiro e março

279 vítimas da doença foram sepultadas na cidade no mês passado

Escrito por Daniel Magalhães 16/04/2021 16:13, atualizado em 16/04/2021 17:05
Em média, 9 pessoas foram sepultadas por dia em SG por conta da Covid-19
Em média, 9 pessoas foram sepultadas por dia em SG por conta da Covid-19 . Foto: Leonardo Ferraz

Os sepultamentos por Covid-19 no mês de março quase triplicaram em relação ao mês de fevereiro em São Gonçalo. Os dados evidenciam que, assim como o resto do país, a cidade também vive um dos piores momentos da pandemia do novo coronavírus. Os números podem também refletir o afrouxamento contínuo das medidas de distanciamento social e também o período de carnaval. 

Tendo como base os dados dos cemitérios municipais fornecidos pela Prefeitura de São Gonçalo e os dois cemitérios particulares do município, o Cemitério Parque da Paz e o Memorial Parque Nycteroy, o número total de sepultamentos de vítimas da Covid-19 em março foi de 279, contra 102 enterros em fevereiro, registrando um aumento de 173% nos sepultamentos em apenas um mês. 

Em média, 9 vítimas da Covid-19 foram sepultadas por dia em São Gonçalo. No mês de fevereiro, esse número era de 3 pessoas.

De acordo com o último boletim epidemiológico da Prefeitura, São Gonçalo registra 67.704 casos de coronavírus, com 1.772 mortes e 65.320 pacientes recuperados. A cidade está na fase 2, o que representa risco médio de contaminação. 

Hoje, São Gonçalo conta com 141 leitos para tratamento de pacientes com Covid-19, sendo 81 de enfermaria, 43 de CTI e 6 leitos de Sala Vermelha. Destes, 78 estão ocupados, o que representa uma taxa de ocupação de 55%.

A situação dos leitos é mais crítica no Pronto Socorro Central Dr. Armando Gomes de Sá Couto, onde 6 dos 7 leitos de CTI estão ocupados, e no Hospital Franciscano Nossa Senhora das Graças, onde 16 dos 17 leitos de CTI estão ocupados com pacientes em tratamento. 

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas