PM que não tentou interromper briga de torcedores é preso administrativamente

Policial apenas olhou homem ser agredido

Enviado Direto da Redação
Policial apenas olhou homem ser agredido

Policial apenas olhou homem ser agredido

Foto: Reprodução

Depois de ser alvo de críticas na internet por não tentar interromper um briga entre torcedores de Flamengo e Peñarol, na tarde desta quarta-feira (3), na Avenida Atlântica, em Copacabana, no Rio, um policial militar foi preso administrativamente pela omissão.

O policial foi flagrado olhando para briga enquanto um homem era covardemente agredido por mais de cinco pessoas de um outro grupo. Pouco depois, outro PM chega e, sozinho, consegue conter parte das agressões.

Após toda confusão, mais de cem torcedores do Peñarol foram detidos e ficaram impedidos de assistir ao jogo no Maracanã. Um idoso, de 60 anos de idade, está em estado grave após ser agredido por torcedores uruguaios.

Veja também