Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 5,4266 | Euro R$ 5,8667
Search

Prefeitura do Rio lança edital do leilão de terreno do futuro estádio do Flamengo

Leilão será no próximo dia 31 com lance mínimo de R$ 138.195.000 milhões

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 09 de julho de 2024 - 15:15
Terreno do Gasômetro foi desapropriado pela Prefeitura do Rio de Janeiro
Terreno do Gasômetro foi desapropriado pela Prefeitura do Rio de Janeiro -

A Prefeitura do Rio de Janeiro anunciou nesta terça feira (9), em seu diário oficial, informações sobre o leilão da área do Gasômetro, que interessa ao Flamengo para construir seu estádio. O evento está marcado para o próximo dia 31 às 14h30 horas no Auditório do CASS, na Cidade Nova, com o lance mínimo de R$ 138.195.000,00 milhões. 

O terreno foi desapropriado pela Prefeitura em janeiro, após um impasse financeiro entre o time da Gávea e a Caixa Econômica Federal. Parte do terreno do Gasômetro já havia sido desapropriado anteriormente, assim como outros terrenos nos arredores, para a construção do terminal rodoviário Gentileza.  O município indenizou em R$ 40,8 milhões, mas o fundo de investimento alegou prejuízo e cobra mais R$ 12,9 milhões na Justiça.


Leia também: 

Jovem confundido com traficante rival é espancado e baleado no Jardim Catarina 

Homem fica gravemente ferido após tentativa de furto de cabos em SG 


É antigo o sonho do Flamengo de ter um estádio próprio e Rodolfo Landim tem o desejo de ser o presidente a concretizar esse desejo, finalizando a compra ainda em 2024, ano que acaba o seu mandado. Landim e a cúpula do time acreditam que vão precisar gastar R$ 500 milhões para arrematar a área. 

A ideia do clube é construir um estádio para 80 mil torcedores e mais vertical do que o Maracanã, usando como inspiração a estrutura do Santiago Bernabéu, estádio do Real Madrid. 

Matérias Relacionadas