Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 4,9892 | Euro R$ 5,4003
Search

Atleta maricaense é eleito melhor arqueiro do mundo em 2023

Marcus Vinícius D’Almeida recebeu o título neste domingo (04/02) pela federação internacional de tiro com arco

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 04 de fevereiro de 2024 - 15:01
Marcus faz parte da equipe Dispara Brasil e do projeto Maricá Cidade Olímpica mantido pela Prefeitura
Marcus faz parte da equipe Dispara Brasil e do projeto Maricá Cidade Olímpica mantido pela Prefeitura -

O atleta maricaense Marcus D’almeida foi eleito o melhor arqueiro do mundo em 2023. O prêmio foi entregue neste domingo (04/02), pela World Archery (federação internacional de tiro com arco). O atleta de 26 anos, é líder do ranking mundial e conquistou, também neste domingo, o vice-campeonato do Finals do Circuito Mundial Indoor, em Las Vegas.

"É um prêmio importante, vai trazer muita visibilidade para a modalidade. O Brasil é conhecido como o país do futebol, mas também é rodeado de muitas outras modalidades. Essa é a primeira vez que conquistamos esse prêmio e é muito fruto do investimento. O Brasil é gigantesco, esse título não é só meu. Tudo isso está sendo muito especial para mim", afirmou o atleta durante entrevista coletiva.


Leia mais:

Atleta maricaense é contratado pelo Botafogo

Antônio Nóbrega será homenageado pela Unidos do Porto da Pedra, no Carnaval 2024


Marcus faz parte da equipe Dispara Brasil e do projeto Maricá Cidade Olímpica mantido pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Esporte e Lazer.

Sobre a Secretaria de Esporte e Lazer

A Secretaria de Esporte e Lazer apoia e incentiva o esporte no município, promovendo o acesso à prática esportiva e de atividades físicas de forma equânime e participativa. O objetivo é a integração e inclusão social, assim como atrair eventos e grande diversidade de práticas esportivas no município.

A pasta oferta, gratuitamente, por meio dos projetos Esporte Presente, Maricá + Esporte e Maricá + Esporte 2, aulas de mais de 30 modalidades de esporte para crianças, adolescentes, jovens, adultos, idosos e pessoas com deficiências (PCDs), contribuindo assim, com a saúde e a qualidade de vida da população. As atividades são realizadas em Itaipuaçu, Inoã, Santa Paula, Caju, Saco das Flores, Spar, Manoel Ribeiro, Pindobas, Bananal, Caxito (Figueirense), Arena Caxito, São José do Imbassaí, Arena Mumbuca (CEU), Itapeba, Parque Nanci, Arena Flamengo, Arena Centro, Araçatiba, Bairro da Amizade, Caju, Saco das Flores, Projeto Navegar, Boqueirão, Barra de Maricá, Cordeirinho, Jaconé, Guaratiba, Jacaroá, Vale da Figueira, Bambuí, Ubatiba e Ponta Negra.

Entre os esportes ofertados, estão: Ginástica Rítmica, Ballet, Jazz, Circuito Funcional, Zumba, Fitdance, Atletismo, Natação, Hidroginástica, Vôlei de quadra, Vôlei de praia, Capoeira, Futebol, Altinha, Futsal (Masculino e Feminino), Handebol, Basquete, Badminton, Jiu Jitsu, Taekwondo, Kickboxing, Karatê, Futevôlei, Tiro com arco, Tênis, Skate, Bodyboard, Remo, Canoagem, Vela.

Sobre o projeto Maricá Cidade Olímpica

O projeto “Maricá Cidade Olímpica” tem o objetivo de detectar futuros talentos esportivos, a partir de 14 anos, em dez modalidades olímpicas (vôlei de praia e de quadra, basquete 3×3, handebol, remo e o tiro com arco) e paralímpicas (tiro com arco, remo, bocha e vôlei sentado).

Matérias Relacionadas