Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 4,9892 | Euro R$ 5,4003
Search

Flamengo supera Botafogo e fatura primeira edição da Copinha Feminina

Time carioca Sub 20 levanta a taça em São Paulo após campanha invicta

relogio min de leitura | Escrito por Agência Brasil | 17 de dezembro de 2023 - 15:08
O Rubro-Negro derrotou o Botafogo por 2 a 0
O Rubro-Negro derrotou o Botafogo por 2 a 0 -

A taça da primeira edição da Copa São Paulo de Futebol Júnior Feminina é do Flamengo. Neste domingo (17), o Rubro-Negro derrotou o Botafogo por 2 a 0 no Estádio do Canindé, em São Paulo, pela final da competição sub-20.

O clássico foi realizado sol sol eslcadante na capital paulista. O Botafogo iniciou melhor e chegou a ter dois gols, ambos com participação da zagueira Raiani, anulados por impedimento. As Gloriosas, no entanto, perderam a lateral Kemilly, expulsa, logo aos 11 minutos, tendo que atuar o restante da partida com uma jogadora a menos.


Leia também:

Causa da morte do cantor gospel Pedro Henrique ainda é incerta; entenda

Israel autoriza entrada de ajuda humanitária em Gaza 


O Flamengo, aos poucos, passou a dominar as ações, consolidando a superioridade no segundo tempo. Aos 13 minutos, na sequência de uma cobrança de escanteio, Mariana desviou a bola na pequena área e mandou para as redes. O gol do título saiu nos acréscimos, novamente após um tiro de canto. Depois do cruzamento, a também atacante Pimenta, de cabeça, fechou o placar no Canindé.

A conquista coroa uma campanha invicta do Flamengo. As cariocas jogaram a primeira fase no próprio Canindé e ficaram na ponta do Grupo A, com sete pontos (duas vitórias e um empate), à frente de Santos, Grêmio e Botafogo-PB. Na semifinal, disputada no Estádio da Rua Javari, as rubro-negras derrotaram o São Paulo nos pênaltis, após empate por 3 a 3 no tempo normal. Foram 11 gols marcados e sete sofridos.

A primeira Copinha Feminina reuniu 16 clubes de sete estados e do Distrito Federal. Os times foram divididos em quatro chaves, sediadas em diferentes estádios da capital paulista: Canindé, Rua Javari, Nicolau Alayon e Ibrachina Arena. A atacante Mileninha, do Internacional, terminou a competição como artilheira, com seis gols.

Matérias Relacionadas