Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 4,9892 | Euro R$ 5,4003
Search

Tricolor de Niterói se prepara para seguir Flu e assistir Mundial na Arábia

Morador de São Francisco vai passar uma semana na Arábia para torcer pela equipe

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 13 de dezembro de 2023 - 14:37
Time estreia na competição nesta segunda (18)
Time estreia na competição nesta segunda (18) -

Partiu na noite desta terça-feira (12) o AeroFlu, avião que levará a delegação do Fluminense para a Arábia Saudita, onde a equipe carioca disputa o Mundial de Clubes da Fifa a partir deste fim de semana. Enquanto centenas de torcedores se reuniram no Aeroporto Internacional do Galeão, na Zona Norte do Rio, para se despedir e desejar boa sorte ao elenco tricolor, outros dedicaram a noite a acertar os últimos detalhes para carregar suas malas e desembarcar ainda nesta semana, com o objetivo de acompanhar o time no torneio internacional.

Um destes torcedores apaixonados que vai largar tudo para seguir a equipe do coração na Arábia é o médico Mauro Cherman, de 64 anos. Morador de São Francisco, em Niterói, ele viaja na madrugada desta quinta (14) para Dubai, de onde segue em direção à cidade de Jidá, na Arábia, para assistir, na segunda-feira (18), à estreia do Tricolor no Mundial, em confronto ainda sem adversário definido no estádio King Abdullah Sports City.


Leia também:

➢ Neymar irá comprar SAF do Santos, afirma jornalista

➢ Equipe feminina do Jardim Catarina vence Taça das Comunidades


Seguidor apaixonado da equipe, ele já viajou bastante para assistir o Fluzão ao longo dos anos de trajetória de torcida. Esse ano mesmo, ele chegou a visitar Paraguai e Argentina para ver partidas da Copa Conmebol Libertadores. Apesar disso, ele nunca chegou a ultrapassar os limites da América Latina por causa do clube, mas foi convencido por colegas a se aventurar para o Mundial.

“Eu não estava muito animado de ir, mas alguns colegas que iam falaram: ‘vai sim, cara, vai curtir’. Até amigos meus que torcem para outros times falavam: ‘se você pode ir, vai; aproveita a chance de ver um Mundial’. Aí eu pensei e assim, eu tenho 64 e estou vendo o Fluminense chegar no Mundial pela primeira vez. Vou ter outra chance dessas quando?”, conta o niteroiense.

Torcedor acompanhou equipe em partidas da Libertadores
Torcedor acompanhou equipe em partidas da Libertadores |  Foto: Layla Mussi

Motivado pelos colegas, ele decidiu convidar a esposa Ana Lúcia, de 63, que não acompanha muito o futebol, e acertar passagens para passar pouco mais de uma semana na Arábia. “Tem jogo na segunda e depois só na sexta. Vamos ver o Fluminense e nos três dias de folga vamos fazer passeio para deserto, passeio de lancha em ilha, city tour. Tem que arrumar coisa para fazer, já que não pode beber, né?”, explica Mauro. Por lá, ele pretende encontrar, também, alguns colegas do Rio e de outras regiões do país para fazer um pequeno encontro de brasileiros por lá.

Para as partidas, o torcedor está confiante, mas garante que não vai ficar triste caso não veja o Tricolor se destacar muito; a vitória da Libertadores já o deixou feliz o bastante com o time. “Eu dei sorte e consegui assistir a final no Maracanã lá na Sul. Foi um jogo meio tenso como todas as finais, porque a gente sabe que qualquer detalhezinho pode fazer a diferença. Fora que o Boca é um time tradicional, jogando sua 12ª final. Mas o Fluminense fez um bom jogo, controlou a partida. Depois que fizemos o segundo gol, foi só alegria. Foi a maior alegria em termos de futebol que eu já tive com o Fluminense”, destaca.

“A expectativa é boa, mas a gente sabe que é difícil", afirma Mauro
“A expectativa é boa, mas a gente sabe que é difícil", afirma Mauro |  Foto: Layla Mussi

Sua final dos sonhos, ele explica, seria uma vitória triunfal do Flu sobre o Manchester City. Apesar disso, o tricolor é realista. “A expectativa é boa, mas a gente sabe que é difícil. São times muito bons os possíveis adversários. O árabe, Al-Ittihad, é um time que ficou bom, com jogadores estrangeiros de nível de seleção. E o Al-Ahly também é um time chato, um time que já tem a experiência de jogar o mundial. Vamos ter que aguardar. Para a gente seria um bônus, a cereja do bolo, se a gente chegar na final”, conclui Mauro.

O Mundial de Clubes da Fifa começou nesta terça (12), com a vitória por 3 a 0 do árabe Al-Ittihad contra o neozelandês Auckland City. A estreia do Flu acontece na segunda (18), às 15h (horário de Brasília), contra quem levar a melhor no confronto entre Al Ahly, do Egito, e Al-Ittihad. Tanto a final como a disputa pela terceira posição acontecem na sexta-feira da outra semana, dia 22. Caso seja classificado para a última fase, o clube das Laranjeiras pode enfrentar o Manchester City, da Inglaterra, o León, do México, ou o Urawa Reds, do Japão.

Matérias Relacionadas