'Projeto Esperança em Campo’ leva esporte e alegria para crianças de comunidade em Itaipu

Iniciativa é desenvolvida por amigos na comunidade Boa Esperança, na Região Oceânica de Niterói

Escrito por *Matheus Mattos 19/04/2021 14:47, atualizado em 19/04/2021 15:39
Projeto deu o pontapé inicial no final de março, na comunidade Boa Esperança, em Itaipu, Niterói
Projeto deu o pontapé inicial no final de março, na comunidade Boa Esperança, em Itaipu, Niterói . Foto: Reprodução/Instagram

“Estou muito feliz em ter isso aqui para a gente.” Essa é a sensação das crianças que participam da iniciativa 'Projeto Esperança em Campo’, criado no final do mês de março com objetivo de levar esporte aos jovens, promover atividades que nunca foram feitas na comunidade e trazer um pouco de alegria, em um local que já recebeu muita tristeza em um passado recente, com um deslizamento em 2018, que matou 14 pessoas na região.

Um dos idealizadores, Francisco Martins, mais conhecido como Jiraia, comentou sobre como surgiu a iniciativa na região.

“A ideia já era do meu coração tinha um tempo. Sou nascido e criado na comunidade e nunca teve nada, nunca ninguém fez nada pelas crianças! Aí me juntei com os amigos e falei ‘vamos fazer diferente’...Cada dia que passa mais pessoas estão vindo ajudar e cada semana vêm mais crianças... É muito gratificante.”, contou Jiraia.

O grande objetivo do projeto, segundo os idealizadores, é tirar as crianças da ociosidade, desenvolver a disciplina nelas e criar seres humanos melhores para a sociedade. Hoje, a iniciativa conta com 60 jovens inscritos, com uma frequência de 30 a 35 crianças por final de semana. A intenção é cada vez expandir mais as atividades.

“Nossa atividade hoje é basicamente o futebol. Mas a gente tem ideia de colocar um vôlei para outras crianças, talvez um balé pras meninas, ou até pros meninos que quiserem, mas isso tudo será aos poucos, porque a gente não tem espaço pra isso. Nós estamos buscando recursos pra poder melhorar e ter mais atividades. Hoje, basicamente, é o futebol e a disciplina, que a gente 'pega' bastante nesse lado, para criar seres humanos melhores perante a sociedade", comentou Jefferson Mansur, outro criador do projeto.

Falta apoio da prefeitura

De acordo com Jiraia, o projeto não recebeu nenhum auxílio da prefeitura de Niterói e é majoritariamente desenvolvido por amigos e parceiros que acreditaram no ideal.

“Da prefeitura nada. Apoio nenhum. Viemos na cara e na coragem, com ajuda de amigos. A prefeitura não nos procurou até agora...”, lamentou.

Ação de Páscoa

Além das atividades esportivas, os organizadores promoveram uma ação de Páscoa, levando café da manhã, almoço e muito chocolate para as crianças. O sucesso na arrecadação foi tão significativo, que jovens de outras comunidades também foram presenteados e tiveram um domingo de Páscoa mais feliz.

Como ajudar?

Para quem quiser ajudar o projeto, os organizadores estão de portas abertas para todo tipo de doação. De forma imediata, meiões, chuteiras e bolas são as principais necessidades da iniciativa.

Por outro lado, os idealizadores também buscam auxílio na área de matérias de construção, para expansão da estrutura e melhorias no campo.

Quem tiver interesse em doar, ajudar de alguma dessas formas ou conhecer melhor o trabalho desenvolvido na comunidade, basta acessar o perfil no Instagram (@projetoesperancaemcampo) e entrar em contato com os organizadores.

*Estagiário sob supervisão de Cyntia Fonseca

Projeto deu o pontapé inicial no final de março, na comunidade Boa Esperança, em Itaipu, Niterói
Projeto deu o pontapé inicial no final de março, na comunidade Boa Esperança, em Itaipu, Niterói. Foto por Reprodução/Instagram
. Foto por Divulgação
. Foto por Divulgação
. Foto por Divulgação
. Foto por Divulgação

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas