Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 4,9892 | Euro R$ 5,4003
Search

Niterói terá curso de Produção Cultural para criadores da periferia

Serão, no máximo, 25 alunos com possibilidade de bolsas de ajuda de custo para alunos em situação de vulnerabilidade social

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 11 de dezembro de 2023 - 11:41
O programa é composto por sete encontros que acontecerão no mês de janeiro
O programa é composto por sete encontros que acontecerão no mês de janeiro -

As inscrições estão abertas para o curso de Produção Cultural para Criadores de Periferia. O programa educacional “Desenvolvimento Di.Quebrada” é uma parceria da Prefeitura de Niterói, por meio do Centro Cultural de Cidadania e Economia Criativa (Macquinho), com a Di.Cria Produções. O curso visa capacitar produtores, agentes culturais e entusiastas das artes e cultura, provenientes das periferias, fornecendo conhecimentos essenciais sobre a área de produção cultural. Para se inscrever, basta preencher os dados no site https://docs.google.com/forms/d/1qevS4sjtNJGF48rLhv79bLABEZO1qc5Ke4x-MbP23rI/edit.

“O Desenvolvimento Di.Quebrada é uma oportunidade única para os criativos das periferias expandirem seus horizontes na área da produção cultural. Queremos oferecer ferramentas essenciais e inspiração, conectando-os ao mercado de maneira significativa”, afirmou Walkiria Nictheroy, subsecretária de Governo e gestora do Centro Cultural que funciona no Macquinho.


Leia mais:

Pré-matrícula para o Ensino Fundamental em Niterói começa nesta segunda (11)

Crianças de escola pública de Maricá vão receber presentes do Papai Noel dos Correios


De acordo com Walkíria, o programa é composto por sete encontros que acontecerão no mês de janeiro. “O destaque está a cargo da presença de profissionais reconhecidos no mercado da arte e cultura, originários de comunidades periféricas, que ministrarão aulas e compartilharão suas valiosas experiências com os participantes”, reforçou a subsecretária.

Durante o curso, os participantes vão explorar os fundamentos da produção de eventos, desde a identificação dos territórios e produtores locais até a execução prática dos conhecimentos adquiridos. O curso culmina com a realização de uma ação cultural, concebida pela turma, como parte do encerramento do ciclo do “MACquinho Verão”.

Serão, no máximo, 25 alunos com possibilidade de bolsas de ajuda de custo para alunos em situação de vulnerabilidade social. A assistente social do projeto vai avaliar o perfil dos participantes e selecionar até 10 pessoas para receber a bolsa de R$ 300, em duas parcelas, para auxiliar nas despesas de transporte e alimentação.

Matérias Relacionadas