Texto sobre obrigatoriedade de cadastro biométrico para eleição em São Gonçalo é falso

Mensagem tem circulado nas redes sociais

Enviado Direto da Redação

Foto: Divulgação


Mensagens nas redes sociais, principalmente no aplicativo WhatsApp e no Facebook, causaram um alvoroço nos moradores de São Gonçalo nesta semana. Segundo as informações do texto que está circulando, o eleitor que não realizasse o cadastro biométrico no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) até o próximo dia sete teria que pagar uma multa de R$ 150 e ainda poderia ter seus documentos de identificação cancelados. No entanto, tudo não passa de um boato.


Por meio de nota, o TRE esclareceu que "é falsa a informação que vem circulando em aplicativos de mensagens e redes sociais de que os eleitores que não realizarem o cadastramento biométrico terão de pagar multa no valor de R$ 150 reais e terão seus documentos cancelados. Só há cobrança de multa, no valor de R$ 3,51 por turno, caso o eleitor não tenha votado nem justificado em pleitos anteriores".


Atualmente, em apenas dois municípios do estado do Rio a biometria é obrigatória: Rio das Ostras e Queimados. No entanto, nos demais lugares o cadastramento biométrico já está disponível, sem prazo para terminar. O TRE apenas recomenda que os eleitores "compareçam o quanto antes, mediante agendamento pelo site do TRE-RJ, para evitar filas no futuro".


Recomendação - Apesar da informação ser falsa, a Justiça Eleitoral recomenda que os eleitores antecipem sua ida aos cartórios para evitar filas no futuro em São Gonçalo. Até a última sexta-feira, cerca de 37 mil eleitores cadastraram a biometria na cidade, o que corresponde a apenas 5% do eleitorado total do município.


Leia mais em: Eleitores devem cadastrar biometria em São Gonçalo

Veja também