Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar up 5,0950 Euro up 5,2649
Search

Iniciativa oferece 2 mil vagas gratuitas em cursos de informática, programação e empreendedorismo

Serão 13 cursos para pessoas com deficiência e vulnerabilidade social

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 01 de maio de 2020 - 08:40
Serão13 cursos gratuitos para pessoas com deficiência e vulnerabilidade social
Serão13 cursos gratuitos para pessoas com deficiência e vulnerabilidade social -

A Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), em parceria com a Dell, reabre as inscrições para 13 cursos gratuitos e on-line na área de tecnologia e negócios exclusivos para o estado do Rio de Janeiro.

Essa chamada é para preencher as vagas remanescentes e ociosas das 2 mil disponibilizadas em março deste ano.Os interessados podem acessar e fazer sua inscrição por meio do site leadfortaleza.com.br , até o dia 3 de maio.A divulgação com o resultado dos inscritos acontecerá no dia 4 de maio, e as aulas começarão a ser ministradas a partir do dia 11 do mesmo mês.

Seguindo a orientação do Secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), Leonardo Rodrigues, de buscar parcerias entre entes do governo e empresas privadas possibilitando oportunidades de aprendizado e novos conhecimentos na área para a população fluminense, o Subsecretário de Estado de Cooperação com o Setor Tecnológico e Inovativo, Filippo Scelza, acredita que a oportunidade é única para promover a inclusão no mercado de trabalho das pessoas com deficiência e em vulnerabilidade social.

“Em meio às medidas de proteção contra o avanço do coronavírus (Covid-19), no país e no nosso estado do Rio, ficar em casa é essencial para evitar a propagação e o contágio da doença. Apesar da situação, esse período pode e deve ser encarado como um momento para se profissionalizar através das plataformas virtuais como a que estamos oferecendo. Esses cursos gratuitos montados pela gigante da tecnologia Dell vai qualificar todos aqueles que buscam uma colocação ou recolocação profissional no mercado de trabalho”, afirmou Filippo.

Matérias Relacionadas