Governo do Estado levará 40 mil alunos para Bienal do Livro no Rio

A Bienal acontece entre os dias 30 de agosto e 8 setembro

Enviado Direto da Redação
RIO DE JANEIRO / BRASIL (08.09.2017) XVlll Bienal Internacional do Livro Rio, no Riocentro.
© Washington Alves/Light Press - Divulgação Oficial

RIO DE JANEIRO / BRASIL (08.09.2017) XVlll Bienal Internacional do Livro Rio, no Riocentro. © Washington Alves/Light Press - Divulgação Oficial

Foto: Divulgação

A Secretaria de Estado de Educação (Seeduc), por meio de uma parceria com a Secretaria de Cultura e Economia Criativa e os organizadores da Bienal do Livro Rio, levará 40 mil alunos da rede pública estadual ao maior evento literário do Brasil.


Cada estudante receberá um voucher de R$ 50 para trocar por um livro na Bienal, que acontecerá entre os dias 30 de agosto e 8 de setembro, no Riocentro, na Zona Oeste do Rio. Outros 5 mil vouchers de R$ 50 serão distribuídos para professores, graças a uma parceria com a Fecomércio.


“A leitura é muito importante, não só para a cultura dos nossos alunos, mas para poder viabilizar um melhor desempenho desses jovens em redação e na educação como um todo”, disse o secretário de Educação, Pedro Fernandes.


Bienal 2019 - Na edição deste ano, a Bienal do Rio terá mudanças, que poderão ser observadas já na entrada no local. Atendendo a pedidos nas edições passadas, o Pavilhão de Atividade Infantil, com editoras especializados em livros infantojuvenis, estará localizado logo na entrada.


Depois, vem o Pavilhão Azul, onde acontecerá o Fórum de Educação, cuja programação é voltada para educadores e professores. Em seguida, estará localizado o Café Literário, que já é uma tradição da Bienal do Rio.


Por último, o público passará para o pavilhão que abriga a Arena Jovem, espaço bem-sucedido da Bienal, que vai continuar tratando de temas atuais, contemporâneos.


No auditório, ocorrem encontros com autores celebridades, durante os quais os fãs terão a oportunidade de conseguir um autógrafo ou tirar uma foto.

Veja também