Governo do Estado realiza parceria com São Gonçalo para recadastramento do aluguel social

Parceria foi firmada para garantir melhoria no atendimento

Enviado Direto da Redação

Foto: Divulgação

A partir do dia 27 de maio, a Prefeitura de São Gonçalo, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SMDS), dá início ao recadastramento dos beneficiários do aluguel social. O programa é destinado a famílias em situação de vulnerabilidade social, que estão desabrigadas ou que passaram pelo processo de remoção em áreas de risco. O recadastramento acontecerá das 10h às 16h, na sede da secretaria, até o dia 31. Na última terça-feira, técnicos da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos do Governo do Estado do Rio de Janeiro estiveram em São Gonçalo para uma reunião junto a SMDS para alinhar uma parceria para a realização do recadastramento.



“Ter esse diálogo conjunto com o Governo do Estado é fundamental na garantia dos direitos da população gonçalense. Todas as equipes estão se mobilizando para realizar o melhor atendimento e garantir que todas as famílias sejam assistidas. É importante atentar às datas para que o benefício não seja perdido!”, disse a secretária de Desenvolvimento Social, Marta Maria Figueiredo.


O beneficiário deverá apresentar originais e cópias do titular e cônjuge/companheiro(a), dos seguintes documentos: RG; CPF; Titulo de Eleitor; Número do NIS; Certidão de Nascimento ou Casamento; Comprovante de rendimento atual de todo núcleo família (carteira de trabalho e contracheque); comprovante da conta bancária da CEF. Dependentes maiores de 18 anos: RG, CPF, Carteira de Trabalho; Comprovante de rendimento (contracheque). Dependentes menores de 18 anos: Certidão de nascimento; RG (caso tenha); CPF (caso tenha). Documentos do Imóvel Interditado: Auto de Interdição ou Laudo expedido pela Defesa Civil. Documentação do Imóvel Atual: Comprovante de residência atual (em nome do beneficiário ou cônjuge/companheiro). Caso não tenha, deverá ser entregue o Contrato de Locação com firma reconhecida em cartório.


Segundo Aline Campanhão, superintendente da Proteção Social Básica do Estado, as ações de mobilização foram planejadas para que todos aqueles que se encontram em situação de maior vulnerabilidade e perda sejam beneficiados e tenham um tratamento digno. “Essa parceria é fundamental para a garantia de que todos sejam assistidos. A secretaria irá disponibilizar técnicos para auxiliarem no recadastramento e esperamos que tudo ocorra da melhor forma! São Gonçalo é um município grande, com muitas demandas, e o Governo do Estado está junto ao município nessa assistência”, disse.


Veja também