Atenção Básica de Maricá terá Caderneta para a Pessoa Idosa

Treinamento tem duração de 3 meses

Enviado Direto da Redação
125 profissionais estão sendo capacitados no projeto

125 profissionais estão sendo capacitados no projeto

Foto: Divulgação

Representantes do Hospital do Coração (HCOR) de São Paulo, que estiveram na cidade de Maricá em junho de 2018, retornaram ao município na última quarta-feira para capacitar 125 profissionais no Projeto de Capacitação da Caderneta da Atenção Básica para Pessoa Idosa, que começará a ser utilizada a partir do mês de maio.


Maricá é pioneira da iniciativa no estado do Rio de Janeiro, e será uma cidade multiplicadora para outras unidades. Ao todo, serão 46h de um treinamento que tem duração de três meses, e na conclusão todos os participantes receberão um certificado.


“Assim como foi feito, ainda faremos dois encontros presenciais e mais 30h à distância. Será uma capacitação única no nosso município, e eu espero que com isto os nossos idosos possam ter mais qualidade de vida. Teremos uma rede toda preparada para cuidar destas pessoas”, ressaltou a gerente do projeto de Capacitação dos Profissionais da Atenção Básica sobre a Saúde do Idoso, Alessandra Guedes. De acordo com gerontóloga Paula Schimidt Brum, do Laboratório de Implementação do Conhecimento em Saúde do HCOR, a capacitação trazida para Maricá faz parte do Programa de Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (PROADI-SUS), através do qual os hospitais recebem isenção fiscal, e em contrapartida desenvolvem projetos em benefício do SUS.


“Cinco hospitais fazem parte do PROADI, o HCOR é um deles. Com isto, trouxemos para Maricá uma Capacitação da Caderneta de Saúde da Pessoa Idosa, onde os participantes irão sobre a utilização da caderneta e vão obter informações extras sobre sua função e importância”, explicou Paula.

Veja também