Itaboraí convoca a população para se vacinar contra a febre amarela

Atendimento nas unidades de saúde vai ser de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h

Enviado Direto da Redação
 Apesar da cidade não ter registrado nenhum caso, orientação é atingir todo público-alvo contra doença

Apesar da cidade não ter registrado nenhum caso, orientação é atingir todo público-alvo contra doença

Foto: Divulgação

A Coordenação de Imunização da Secretaria de Saúde de Itaboraí está convocando a população para vacinação contra a febre amarela. Quem ainda não se vacinou é necessário comparecer a qualquer uma das 38 Unidades de Saúde da Família (USFs), de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, para receber a dose que será única, garantindo a imunidade por toda a vida.

A cidade de Itaboraí não registrou nenhum caso da doença, mas a medida de manter a vacinação contra a doença é uma determinação da Secretaria Estadual Saúde (SES/RJ) devido “ao risco de ocorrência de novos casos diante do grande número de não vacinados no Estado”.

Dados da imunização da Secretaria Municipal de Saúde apontam que 31.242 mil doses da vacina foram aplicadas no ano de 2018. Estes números são considerados insuficientes para a Coordenação de Imunobiológicos de Itaboraí.

“Acreditamos que a baixa adesão seja por conta dos movimentos antivacinas e falsas notícias sobre a vacina. Porém afirmamos que ela é segura e eficaz. Nossas equipes de saúde estão treinadas para avaliar caso a caso. Quem ainda não se imunizou é importante procurar a unidade de saúde mais próxima da sua residência para receber a dose contra febre amarela”, explicou a coordenadora técnica de Imunobiológicos, Katiúscia Campos Dutra Lessa.

A vacina é contraindicada somente nos seguintes casos: menores de 9 meses; pessoas com imunodeficiência primária ou adquirida; pessoas com HIV/Aids; pessoas com imunossupressão à doença ou terapias imunossupressoras; pessoas em uso de medicação anti-metabólicas; indivíduos com reação alérgica grave ao ovo; transplantados de órgãos sólidos; pessoas com doenças hematológicas; pessoas com doença no timo, lúpus, artrite reumatóide ou doença de Addison.

Os sintomas iniciais da febre amarela, segundo o Ministério de Saúde, incluem o início súbito de febre, calafrios, dor de cabeça intensa, dores nas costas, dores no corpo em geral, náuseas e vômitos, fadiga e fraqueza.

A maioria das pessoas melhora após estes sintomas iniciais. No entanto cerca de 15% apresentam um breve período de horas a um dia sem sintomas e, então, desenvolvem uma forma mais grave da doença.

Veja também