Senado aprova texto-base sobre privatização da Eletrobras

Empresa é a maior no ramo de energia elétrica na América Latina

Escrito por Redação 17/06/2021 20:31, atualizado em 17/06/2021 21:20
Aprovação aconteceu nessa quinta-feira
Aprovação aconteceu nessa quinta-feira . Foto: Divulgação/Jorge Coelho/Eletrobras

O Senado aprovou, por 42 votos a 37, o texto-base da medida provisória (MP) que permite a privatização da empresa Eletrobrás. A aprovação aconteceu nesta quinta-feira (17). Segundo entidades no ramo, com a confirmação do processo de privatização, a conta de luz pode ficar mais cara.

Senadores aprovaram o texto e, em seguida, analisaram as propostas que visam modificar o conteúdo da MP. No mês passado, a Câmara dos Deputados aprovou uma versão do texto que passou por mudanças e será novamente verificado. Ainda que o governo alegue uma economia caso a privatização seja efetivada, algumas entidades do setor de energia afirmam que as contas de luz podem encarecer, sendo o aumento de pelo menos 8% para os pequenos consumidores e 15% para os grandes.

No cenário atual, a União possui quase 60% das ações da Eletrobrás, tendo o controle da empresa. Com a privatização, a participação do Governo passa para menos de 50% nas ações da sociedade, com a projeção de 45%.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas