São Gonçalo amplia público-alvo para vacinação contra covid-19

Trabalhadores da linha de frente com mais de 50 anos serão atendidos

Escrito por Redação 05/04/2021 15:44, atualizado em 05/04/2021 16:36
Trabalhadores da linha de frente com mais de 50 anos serão atendidos
Trabalhadores da linha de frente com mais de 50 anos serão atendidos . Foto: Divulgação

A Secretaria de Saúde de São Gonçalo vai reabrir a vacinação contra o coronavírus para trabalhadores da saúde que são da linha de frente, de qualquer idade, e que ainda não foram vacinados em seus locais de trabalho a partir desta terça-feira (06). Outro grupo de profissionais de saúde – que não são da linha de frente, mas trabalham em hospitais – terá a idade de vacinação ampliada para a partir de 50 anos. Além dos profissionais de saúde, a cidade vacina idosos a partir de 69 anos nesta segunda-feira (05) e terça-feira (06) em nove pontos de vacinação, três deles com drive thru. 

Os trabalhadores dos serviços de saúde públicos e privados da linha de frente são aqueles que estão envolvidos diretamente na atenção/referência para os casos suspeitos e confirmados de covid-19 – tanto da urgência e emergência quanto da atenção básica. Estes profissionais foram os primeiros a receber a vacina no início da campanha, mas há recém-contratados que precisam tomar o imunizante. Neste grupo estão todos os trabalhadores envolvidos na unidade de saúde. Para se vacinarem, eles devem comprovar o vínculo empregatício em unidade de saúde do município que seja da linha de frente. Ou se trabalham em outra cidade, devem apresentar o vínculo de trabalho em unidade que seja linha de frente e o comprovante de residência de São Gonçalo. 

Estão na lista dos profissionais de saúde com mais de 50 anos que trabalham em hospitais da cidade ou que moram em São Gonçalo e atuam em hospitais de outros municípios e que podem se vacinar com a primeira dose: técnico em radiologia, enfermeiro, técnico e auxiliar de enfermagem, médico, fisioterapeuta, nutricionista, odontólogo, fonoaudiólogo, psicólogo, biólogo, farmacêutico, assistente social, biomédico e auxiliar e técnico de saúde bucal. 

Seguindo o calendário, na quarta-feira (07) e quinta-feira (08), os idosos com mais de 68 anos poderão se vacinar. Na sexta-feira (09) e sábado (10), será a vez daqueles que têm mais de 67 anos. Na próxima semana, segunda (12) e terça-feira (13), a vacina chega para os idosos a partir de 66 anos. Na quarta (14) e quinta-feira (15), para idosos a partir de 65 anos. E na sexta (16) e sábado (17), para idosos a partir de 64 anos.      

A secretaria também imuniza com a segunda dose da vacina CoronaVac, idosos e funcionários da saúde que têm mais de 21 dias de vacinados. Para a segunda dose, todos devem estar munidos com o comprovante da primeira dose da vacina CoronaVac aplicada pela Secretaria Municipal de São Gonçalo. Aqueles que não levarem o comprovante ou apresentarem comprovante de outra cidade, não serão imunizados. Os que foram vacinados com o imunizante Oxford/Astrazeneca devem aguardar o intervalo da vacina, que é de 12 semanas, e ainda não está disponível.  

Desde o início da campanha de vacinação contra o covid-19, o município de São Gonçalo vem cumprindo o que determina o Plano Nacional de Imunização (PNI) do Ministério da Saúde, tanto na utilização e reserva das vacinas quanto no atendimento aos grupos prioritários. A população pode acompanhar o site www.saogonçalo.rj.gov.br e as redes sociais da Prefeitura, que informam sobre a vacinação e quem tem prioridade.

Locais de vacinação, de segunda a sexta, das 8h às 17h e sábado, das 8h às 12h.

– Polo Sanitário Dr. Washington Luiz, Zé Garoto

–  Ginásio do Clube Mauá, Centro

– Umpa Nova Cidade

– Clínica Gonçalense do Mutondo

– Polo Sanitário Dr. Hélio Cruz, Alcântara

 – Clínica da Família Dr. Zerbini, Arsenal

– Polo Sanitário Rio do Ouro

– PAM Coelho

Pontos com drive thru

– Campo do Clube Mauá, Centro  

– Centro de Tradições Nordestinas, Neves (somente drive thru)   

– Umpa Nova Cidade           

Público-alvo e documentação solicitada para primeira dose

– Profissionais de saúde com mais de 50 anos ou da linha de frente, de qualquer idade, que trabalham em hospitais de São Gonçalo e moram na cidade. 

Documentos solicitados: comprovante de trabalho em área hospitalar, CPF ou cartão do SUS e carteira de vacinação.

– Profissionais de saúde com mais de 50 anos ou da linha de frente, de qualquer idade, que trabalham em unidades hospitalares de São Gonçalo e que residem em outros municípios. 

Documentos solicitados: comprovante de trabalho em área hospitalar de São Gonçalo, CPF ou cartão do SUS e carteira de vacinação.

– Profissionais de saúde com mais de 50 anos ou da linha de frente, de qualquer idade, que trabalham em hospitais de outros municípios e residem em São Gonçalo.

Documentos solicitados: comprovante de trabalho em área hospitalar, comprovante de residência de São Gonçalo, CPF ou cartão do SUS e carteira de vacinação.

– Idosos (idades definidas de acordo com o calendário)

Documentos solicitados: identidade, CPF ou cartão do SUS, comprovante de residência e carteira de vacinação.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas