Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar down Euro down
Search

IBGE oferece 204 mil vagas em concurso para o Censo 2021

Vagas para nível fundamental e médio estão disponíveis

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 18 de fevereiro de 2021 - 17:38
Inscrições começam nos dias 19 e 23 de fevereiro
Inscrições começam nos dias 19 e 23 de fevereiro -

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) abriu novamente o concurso para realizar o Censo Demográfico 2021. São 204.307 vagas disponíveis e salários que chegam até R$2.100. Os editais foram divulgados nesta quinta-feira (18) no Diário Oficial da União.

Dois concursos estão abertos e com vagas para quase todos os municípios do Brasil. São 181.898 vagas para o cargo de Recenseador, que tem sua remuneração baseada na produtividade, 5.450 vagas para o cargo de Agente Censitário Municipal, com salário de R$ 2.100, e 16.959 vagas para o cargo de Agente Censitário Supervisor, com remuneração de R$ 1.700.

Para a vaga de Recenseador é necessário ter concluído o ensino fundamental. Para esse cargo, o concursado terá a função de coletar dados por meio de entrevistas com os moradores e tem contrato de até três meses, podendo ser estendido. O salário é montado de acordo a produtividade, baseado nos seguintes critérios: número de unidades visitadas, taxa de remuneração dos setores censitários, número de questionários respondidos e número de pessoas recenseadas.

Confira o Edital

No site do Censo 2021 será possível calcular a remuneração com um simulador, baseado nas quantias pagas pelo setor censitário em cada local do país. Em relação a jornada de trabalho, não existe horário fixo para o recenseador, mas a expectativa é de dedicação de 25 horas semanais para a atividade.

O recenseador terá direito ao 13° salário e às férias baseadas nos dias de trabalho e à produtividade.

Depois de aprovados, os aspirantes às vagas irão passar por um treinamento por 5 dias e com carga horária de 8 horas diárias, divididos em duas partes: autoinstrução (leitura prévia do Manual do Recenseador) e o curso presencial.

Depois disso, os candidatos passarão por um teste final sobre o treinamento e necessitam de 50% de acertos e 80% de frequência no curso. Os candidatos recebem uma ajuda de custo, se pelo menos comparecerem em 80% dos treinamentos.

Para a vaga de Agente Censitário o requisito é ter o ensino médio concluído. Como função, o agente gerencia o posto de coleta e terá como principais trabalhos o controle e gestão de Recursos Humanos e materiais do posto de coleta, e gerir uma equipe de agentes censitários supervisores e recenseadores.

Confira o Edital

O agente censitário supervisor trabalha na supervisão da operação censitária, focando nas temáticas técnicas e administrativas. Nesse cenário, está subordinado ao agente censitário municipal. O principal trabalho é acompanhar, avaliar e orientar os recenseadores no decorrer das atividades.

O contrato é de 5 meses, com possibilidade de extensão, dependendo da demanda do Censo 2021.

O candidato com melhor classificação receberá a nomeação de agente censitário municipal, enquanto o restante ficará como agente censitário supervisor.

São 40 horas de trabalho na semana, distribuídas em 8 horas diárias. Além da remuneração, os agentes têm direito a auxílio-alimentação, auxílio-transporte, auxílio pré-escola, férias e 13º salário proporcionais.

Inscrições

Para o concurso de recenseador, as inscrições começam no dia 23 de fevereiro e tem duração até o dia 19 de março, no endereço http://www.cebraspe.org.br/concursos/ibge_20_recenseador. O valor da inscrição é R$ 25,77.

Para o concurso de agente censitário municipal e agente censitário supervisor, as inscrições iniciam nesta sexta-feira (19), com duração até o dia 15 de março, no endereço http://www.cebraspe.org.br/concursos/ibge_20_agente. O valor da inscrição é R$ 39,49.

Vagas

As vagas estão abertas em 3.929 cidades do Brasil para agente censitário, e em 5.297 municípios para recenseador.

As cidades maiores e as áreas remotas do país têm os locais de trabalho específicos, que podem englobar bairros, favelas, aldeias indígenas ou comunidades quilombolas. Dessa forma, é importante que os aprovados no concurso de recenseadores morem perto da localidade, no intuito de diminuir os custos com transporte e aumentar a produtividade.

Provas e resultados

Segundo o IBGE, as provas serão presenciais e estão marcadas para o dia 18 de abril para as vagas de agente censitário municipal e supervisor. Para os recenseadores, também presencialmente e no dia 25 de abril. Com uma semana de distância, os candidatos podem realizar as duas provas, caso tenham interesse. Todos os municípios com vagas receberão a prova.

Para os agentes municipais e censitários, a prova será objetiva, de caráter eliminatório e classificatório. A prova será a tarde, e os candidatos terão 4 horas para fazer 10 questões de língua portuguesa, 10 de raciocínio lógico, 5 de ética no serviço público, 15 de noções de administração/ situações gerenciais e 20 de conhecimentos técnicos.

Para os recenseadores, a prova também será de caráter eliminatório e classificatório. A prova será a tarde, e os candidatos terão também 4 horas para fazer 10 questões de língua portuguesa, 10 de matemática, 5 de ética no serviço público e 25 de conhecimentos técnicos

Para os dias de aplicação das provas, foram estabelecidos os seguintes protocolos sanitários: Uso obrigatório de máscaras, uso de outros EPIs necessários pelos aplicadores das provas, distanciamento seguro entre candidatos e aplicadores de prova, disponibilização de álcool em gel em todos os locais de prova, higienização de locais de prova e equipamentos, redução máxima do contato entre as pessoas, medidas para evitar aglomerações e respeito às legislações locais. Essas condições caso não respeitadas, o candidato será eliminado do processo seletivo.

Os gabaritos preliminares serão publicados no Site do Cebraspe, no dia seguinte da aplicação do exame, às 19h.

A contratação está prevista para 31 de maio para os agentes censitários e em julho para os recenseadores. As atividades começam em agosto.

Inscrições do último concurso não têm validade

Vale lembrar que os candidatos que se inscreveram no último exame, que não foi realizado, devem fazer novamente a inscrição e pagar a taxa. Os candidatos que ainda não pediram reembolso do último concurso podem fazer isso ligando para a Central de Atendimento do IBGE (0800 721 8181). A ligação é gratuita, basta informar o CPF e conta bancária que é titular para receber a quantia.

Matérias Relacionadas