Suspeito de matar filho de ex-prefeito de Maricá é identificado

Polícia suspeita de crime passional

Escrito por Redação 24/12/2020 13:11, atualizado em 24/12/2020 14:07
Polícia suspeita de crime passional
Polícia suspeita de crime passional . Foto: Divulgação/Polícia Civil

Wellington Vinícius Afonso Viana, de 47 anos, filho do ex-prefeito de Maricá Uílton Viana, foi morto na última sexta-feira, 18, com dois tiros na cabeça, dentro do próprio carro, enquanto passava na estrada Joaquim Afonso Viana, no bairro São José do Imbassaí. A Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSG) conseguiu identificar um dos suspeitos de envolvimento no crime, que teve prisão decretada no último sábado, 19.

Inicialmente, testemunhas apontaram para a polícia a hipótese de latrocínio, que é o crime de roubo seguido de morte. Segundo a polícia, as testemunhas informaram que o crime foi realizado por dois homens em uma moto, mas a investigação da Polícia apontou que a motivação do crime foi passional, ou seja, com motivação. As investigações mostram que o suspeito teria simulado uma negociação e propôs comprar a casa onde morava de aluguel, que pertencia à Wellington. A vítima foi ao imóvel, que fica no bairro de Itapeba, para realizar o negócio.

Segundo as investigações, o suspeito foi identificado como Sebastião Martins, de 48 anos. A motivação do crime, segundo a polícia, era uma desconfiança de que a esposa de Sebastião estava traindo ele com Wellington e suspostamente ele quis se vingar. Wellington foi atraído para o local com a promessa de Sebastião em comprar o imóvel. Na hora de deixar o local, Wellington deu uma carona ao suspeito e um outro homem que ainda não foi identificado. No caminho, ele foi atingido por dois tiros, disparados pelo homem que estava no banco de trás do veículo.

Imagens de câmera de segurança de um condomínio próximo do local do crime mostram o carro de Wellington parando na estrada. Nesse momento, a porta de trás abre, sem que ninguém desça, e fecha novamente e segue viagem. Segundo a polícia, Sebastião estava no banco do carona e o outro rapaz na parte do ocupante. De acordo com as testemunhas, o segundo criminoso é jovem, branco, cerca de 22 anos, magro e aproximadamente 1,75 de altura. 

Sebastião já tem outras passagens pela polícia e também possui uma condenação por tentativa de homicídio contra a ex-mulher. Atualmente, ele é considerado foragido pela polícia. A DHNSG também pede a ajuda da população e qualquer informação pode ser feita pelo disque denuncia (21)2253-1177 ou para Whatsapp da unidade (21) 98596-7053. 

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas