Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar down Euro down 5,4894
Search

'CV' monta 'base' na Vila Candoza para tentar tomar 'Complexo da Alma' do 'TCP' em SG (veja vídeo)

'Bondes', com 50 homens, são de várias comunidades da região e teriam até criminosos do Nordeste do país. 'Guerra começou há 2 semanas

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 10 de dezembro de 2020 - 11:21
Imagem ilustrativa da imagem 'CV' monta 'base' na Vila Candoza para tentar tomar 'Complexo da Alma' do 'TCP' em SG (veja vídeo)

A sangrenta disputa pelo controle das comunidades situadas entre a Amendoeira e o Jóquei, em São Gonçalo, ganhou mais um capítulo na noite dessa quarta-feira (9), quando criminosos ligados ao Comando Vermelho (CV), oriundos de algumas comunidades de SG, formaram um grande 'bonde' (grupo de traficantes), com cerca de 50 homens, para enfrentar os rivais do Terceiro Comando Puro (TCP). Pelo menos cinco pessoas já teriam morrido, desde o início dos confrontos, no dia 29 de novembro. 

Segundo informações chegadas aos setores de inteligência da polícia do Rio, esse grupo do CV se baseou na Comunidade da Vila Candoza, na região do Jóquei, vizinha ao Complexo da Alma, na Amendoeira, durante a noite de ontem, com objetivo se reorganizar e tentar a ocupação definitiva da segunda comunidade, onde há o controle do TCP. o grupo estaria com cerca de 20 fuzis e vestidos com roupas camufladas, idênticas a usadas em táticas militares, que dificultam a visualização quando estão em matas e florestas. para dar uma demonstração de 'força', os criminosos fizeram imagens e filmagens pelos celulares e colocaram nas redes sociais.

Origem - A disputa pelo controle do tráfico de drogas, segundo levantamentos de setores de inteligência da área de segurança pública, é comandada por traficantes ligados ao CV do Complexo do Anaia, com apoio de comunidades do Jardim Miriambi, Engenho do Roçado e da Comunidade da Linha, no Rio do Ouro. Esses traficantes teriam montado uma espécie de 'consórcio' com outras comunidades do CV em Niterói, como as lideranças da Favela do Sabão, em São Lourenço, de onde teriam partido os fuzis para reforçar o armamento do grupo na invasão. As investigações dão conta de que existem nesse 'bonde' até criminosos do Nordeste brasileiro - foragidos da Justiça naquela região que teriam se refugiado em SG, sob proteção de traficantes do Anaia. Essa ala, nos submundos do crime, recebeu o nome de Bonde do Lampião

Objetivo - O objetivo dos criminosos do Anaia, segundo setores da inteligência da polícia, é monopolizar o controle do tráfico de drogas em toda a região, já que o Complexo da Alma, é a única comunidade que ainda está sob o comando do 'TCP' no município. Ali, segundo levantamentos da polícia, quem tem o controle da criminalidade é o traficante Pai, um homem de cerca de 40 anos presumíveis que vem conseguindo se manter no poder graças ao apoio de traficantes do Complexo da Maré. Pai, segundo as investigações, é odiado por criminosos do CV em SG por ele ter apoiado o plano de Thomas Jayson Vieira Gomes, o 3N, logo que ele deixou a primeira facção, no Complexo do Salgueiro, em abril de 2019, para tentar expandir os 'negócios' do TCP na cidade. Thomas Jayson acabou morrendo, em 26 de novembro do ano passado, em seu esconderijo, em Cabuçu, Itaboraí, junto com cinco dos principais colaboradores. 

Desde o início dos confrontos na comunidade da Alma e do Jóquei, pelo menos cinco pessoas teriam morrido, todas da comunidade da Alma. Uma das vítimas seria um 'olheiro' do tráfico, de apenas 14 anos, e de um homem, que teria sido executado apenas por trabalhar comprando e entregando as 'quentinhas' para as refeições da quadrilha do grupo de 'Pai'.          

Matérias Relacionadas