Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar down Euro down
Search

Assaltante de bancas de jornal prejudica os estabelecimentos em Niterói

Nesta sexta-feira (04), foi registrado o último crime na parte da tarde, mesmo com intensa movimentação de pedestres

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 04 de dezembro de 2020 - 21:52
O assaltante levou cerca de dez pacotes de cigarros, que de acordo com o dono, eram da melhor qualidade, além de R$ 800 em espécie que estavam no caixa, levando ainda o celular da funcionária
O assaltante levou cerca de dez pacotes de cigarros, que de acordo com o dono, eram da melhor qualidade, além de R$ 800 em espécie que estavam no caixa, levando ainda o celular da funcionária -

Em meio a muitos assaltos praticados contra jornaleiros e funcionários de bancas de jornais, no Centro de Niterói, que em apenas um mês e meio, gerados pelo mesmo assaltante, prejudicaram cerca de quatro bancas nas proximidades da Praça Arariboia.

Nesta sexta-feira (04), foi registrado o último crime na parte da tarde, mesmo com intensa movimentação de pedestres. O dono do estabelecimento perdeu R$ 2 mil. De acordo com relatos, foi apontado que o ‘modus operandi’ do criminoso, sempre armado e com as mesmas vestimentas: calça jeans, camisa polo verde fluorescente, boné preto, máscara e tênis azul. No começo, ele chega ara avaliar algum produto, checa a movimentação e anuncia o assalto.

Conforme as análises das câmeras de segurança na Avenida Visconde do Rio Branco, é possível observar o momento em que o acusado chega na banca, nesta sexta-feira (04), e aborda uma funcionária, e após efetuar o crime ele foge. Segundo informação do ‘Niterói Presente’ – programa que atua fazendo patrulhamento no Centro – diz que os agentes não foram chamados.

Em depoimento na 76ª DP (Central de Flagrantes), a vítima disse a Polícia Civil que o criminoso pediu informação sobre valores de pacotes de cigarros, explicando depois que buscaria o dinheiro para ‘comprar’, e na volta ele teria entrado na banca mostrando a arma na cintura.

O assaltante levou cerca de dez pacotes de cigarros, que de acordo com o dono, eram da melhor qualidade, além de R$ 800 em espécie que estavam no caixa. Ele ainda roubou o celular da funcionária.

Rafael Moura Leite, de 36 anos, proprietário do estabelecimento, acredita que o bandido aproveita o horário da troca de turno dos policiais do programa ‘Niterói Presente’ para praticar as ações, que costumam ser feitas sem alarde. Entre os dias 14 e 23 de outubro, foram realizados os outros assaltos em bancas sempre na parte da tarde. Um homem com as mesmas características, teria roubado R$ 310 de uma outra banca, desta vez na Avenida Ernani do Amaral Peixoto no dia 23 de outubro. Segundo os agentes, na ocasião o assaltante perguntou o valor do cigarro, e quando a vítima o respondeu, sacou a arma e anunciou o assalto.

Adalmir Ferreira, diretor da Associação dos Proprietários de Bancas de Jornais de Niterói (Aprobam), cobra investigação da Polícia Civil para solução dos casos. De acordo com ele, é preciso atenção do Centro Integrado de Segurança Pública de Niterói (CISP) na região, visto que possui câmeras de monitoramento.

Matérias Relacionadas