Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar up 5,1183 Euro up 5,2962
Search

Guerra sem fim: disputa de traficantes no Complexo da Alma tira a paz dos moradores; Video!

Moradores relatam noite de terror

relogio min de leitura | Escrito por Renata Sena | 03 de dezembro de 2020 - 09:12
Polícia destruiu o acampamento dos traficantes
Polícia destruiu o acampamento dos traficantes -

Moradores do Complexo da Alma, no Amendoeira, em São Gonçalo, passaram a terceira noite seguida sem dormir. Isso porque, a guerra entre facções, que teve início na segunda-feira (30), parece estar longe do fim e apresentou mais um capítulo de muito tiroteio na madrugada desta quinta-feira (3).

Em vídeos divulgados em redes sociais é possível escutar o confronto com disparos de armas de diferentes calibres e potências. Até mesmo o barulho de tiros em rajadas foram capturados pelos vídeos.

Assustados, os moradores também usaram as redes sociais para questionar e lamentar a situação.

"Como as pessoas vão descansar para sair para trabalhar? Se é que de manhã vamos conseguir sair de casa. É uma situação assustadora", desabafou uma moradora.

Em outra postagem um homem contou que era possível ouvir tudo, mesmo não estando dentro da comunidade. "A gente está  presenciando uma guerra. Não moro lá dentro e não consigo dormir pelo barulho e pela tensão.  Imaginem como está a cabeça das pessoas de bem que vivem dentro da favela e agora estão, mais uma vez, presenciando essa guerra", refletiu o homem.

Operação - Na última quarta-feira (2), a Polícia Militar fez uma mega operação no local. Localizaram o acampamento de alguns traficantes e apreenderam drogas.

Guerra - A disputa territorial pelo Complexo da Alma começou na última segunda-feira (30), quando traficantes do Comando Vermelho (CV) tentaram invadir a comunidade para recuperar a área que já foi "deles", mas atualmente está sendo controlada pelos criminosos do Terceiro Comando Puro (TCP).

A guerra entre os bandidos está sendo filmada e narrada, muitas vezes, pelos próprios envolvidos, que estão registrando e divulgando as torturas de rivais, e os armamentos que estão usando na invasão.

Pelo menos duas pessoas já foram encontradas mortas na região e a polícia investiga se as mortes têm ligação com a guerra. A morte de um jovem foi filmada e fotografada pelos próprios criminosos. Eles  torturaram o integrante da facção rival e o colocaram no "microondas", -nome dado pelos bandidos quando a vítima é posta dentro de uma pilha de pneus para serem queimados juntos-. As imagens também circularam nas redes sociais.

A polícia ainda não comentou sobre o intenso  confronto dessa madrugada.

Matérias Relacionadas