Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar down 5,0798 Euro up 5,2519
Search

PM que matou namorada com tiro na boca tem prisão preventiva decretada

Janitom Celso já tinha um histórico agressivo

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 30 de novembro de 2020 - 15:49
PM matou a namorada com um tiro na boca
PM matou a namorada com um tiro na boca -

O policial militar Janitom Celso Rosa Amorim, de 39 anos, teve a prisão preventiva decretada pela Justiça após matar a namorada, Mayara Pereira de Oliveira, de 31 anos, em um estacionamento dentro do campus universitário em Valença, no Sul Fluminense, na última sexta (27).

Janitom foi levado para a Central de Custódia de Volta Redonda, onde ficará preso por tempo indeterminado. O cabo, integrante da corporação do Batalhão de Resende desde 2006, já possuía denúncias de agressões registradas na polícia.

O PM manteve a namorada sob a mira de um revólver durante 2h30 no campus da faculdade onde a cirurgiã-dentista estudava. O criminoso não ficou inibido com a presença dos policiais do BOPE, e matou a namorada com um tiro na boca. A frieza em executar o crime foi levado em conta pelo juiz Marcelo Borges, que decretou a prisão preventiva. 

Relembre o caso: PM que fez namorada de refém é preso após matar jovem com tiro na boca

Matérias Relacionadas