Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar down Euro down 5,4907
Search

Imagens mostram correria e pânico no Caramujo durante confronto entre criminosos e PMs

Vídeos foram divulgados nas redes sociais

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 16 de novembro de 2020 - 11:24
Uma pessoa é flagrada deitada no chão, mas segundo a polícia, não há registro de mortos ou feridos
Uma pessoa é flagrada deitada no chão, mas segundo a polícia, não há registro de mortos ou feridos -

Renata Sena 

Assim como São Gonçalo,  que registrou tiroteio em pontos de movimentação eleitoral, Niterói também foi palco de confronto, correria e susto para moradores do Caramujo. 

Vídeos divulgados nas redes sociais mostram o momento exato do confronto e da correria de muitas pessoas, na principal via de acesso à comunidade de mesmo nome. Apesar do susto, não há registro de feridos na ação. 

Conforme o Comandante do 12° BPM (Niterói) Sylvio Guerra, a Polícia Militar foi deslocada para o local após diversas denúncias de moradores que não conseguiam entrar ou sair de casa, devido a ruas fechadas para festas. 

Com isso, os policiais foram ao local desobstruir a via e foram recebidos a tiros por traficantes que estavam no interior da comunidade. Houve um intenso confronto. 

Nas imagens é possível ver pessoas correndo, uma jovem sendo carregada e até mesmo três homens debochando dos tiros. 

Porém, apesar do susto, ninguém ficou ferido ou foi preso durante o confronto. 

São Gonçalo

Em São Gonçalo quatro pessoas ficaram feridas em tiroteios ocorridos em dois pontos diferentes da cidade. 

Em Santa Isabel, uma mulher foi atingida nas costas, foi socorrida e já recebeu alta médica. Já um jovem, de 24 anos, foi atingido no pescoço,  passou por cirurgia e segue internado. Seu estado de saúde é considerado estável. 

Em outro ponto da cidade, no Menino de Deus, um homem morreu e uma mulher foi baleada durante uma suposta disputa entre facções criminosas rivais, na tarde deste domingo (15), no Rocha, em São Gonçalo.

Segundo informações preliminares, um grupo de traficantes teria atacado o morro, dominado pelo Comando Vermelho (CV), vitimando o homem que não teve a identificação divulgada. De acordo com possíveis testemunhas, ele teria envolvimento com o tráfico local.

Matérias Relacionadas