Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar up 5,3317 Euro up 5,5605
Search

Morre travesti após ser queimada viva em São Paulo

Ester Vogue morreu três dias antes de completar 34 anos

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 12 de novembro de 2020 - 21:56
Ester teve 80% do seu corpo queimado e não resistiu aos ferimentos
Ester teve 80% do seu corpo queimado e não resistiu aos ferimentos -

No último domingo (08), a travesti Ester Vogue havia sido queimada viva, chegando a ser internada após o crime, com 80% do corpo queimado. Nesta quarta-feira (12), sua morte foi confirmada por não resistir aos graves ferimentos.

Ester se encontrava em situação de rua e estava em transição para a mudança de sexo. A informação da morte foi divulgada pela Casa Neon Cunha, que presta serviços para a população LGBTQIA+ da região. Foi informado que a Polícia Civil de São Paulo (PCSP) investiga o crime, com uma suspeita de uma discussão entre Ester e uma mulher, ainda não identificada, que teria roubado a vítima e seus amigos.

A entidade se pronunciou dizendo: Clamamos por justiça para Ester e estaremos vigilantes para que as investigações ocorram e que os culpados por esta barbárie sejam identificados e que paguem pelo que fizeram. Mais uma de nós foi vitimada e não descansaremos”.

Matérias Relacionadas