Polícia prende 'Lequinho Capeta' um dos traficantes mais procurados de Niterói

Homem não ofereceu resistência

Enviado Direto da Redação
Lequinho possui uma ficha criminal com 29 anotações

Lequinho possui uma ficha criminal com 29 anotações

Foto: Divulgação

Policiais Civis da 76ª DP (Niterói) prenderam na madrugada desse domingo (27), Alex da Silva Julio, o Lequinho Capeta, de 31 anos. Contra ele havia um mandado de prisão preventiva pelo crime de roubo majorado expedido com base em investigações desenvolvidas pela própria unidade no procedimento 076-02020/2020.


Segundo os agentes, eles receberam a informação que lideranças  da facção criminosa Terceiro Comando Puro (TCP), estariam reunidos em  um evento no Morro do Estado, com a finalidade de comemorar o aniversário do traficante Mosquitinho. Os policiais da 76 DP se mobilizaram na noite deste sábado (26) e realizaram um trabalho de vigilância velada nos acessos da comunidade. Por volta das 1h deste domingo (27), os agentes visualizaram e reconheceram Lequinho descendo o Morro do Estado, pela Rua da Conceição, momento em que ele foi abordado e preso, sem oferecer resistência.


Lequinho possui uma ficha criminal com 29 anotações por homicídio, tráfico e associação para o tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo, associação criminosa, extorsão e roubo. Capeta foi reconhecido e é acusado de ter praticado o roubo em um bar da Rua Coronel Gomes Machado, durante o Carnaval desse ano. 


Integrante do tráfico de drogas do Morro do Estado, Lequinho Capeta chegou a ocupar a posição de gerente geral da comunidade entre os anos de 2010 e 2013, ocasião em que foi o homem de confiança do traficante Wallace Araújo Torres, vulgo Anão, líder da comunidade que se encontra preso desde 2013.  Na época, Lequinho liderou uma onda de arrastões pelas ruas e assaltos aos restaurantes mais tradicionais da cidade.

 


  Lequinho será encaminhado ao sistema prisional onde permanecerá preso e à disposição da justiça. 

Veja também