PM mata a esposa e atira nos sogros no Zé Garoto, em SG

Ele também atentou contra a própria vida

Enviado Direto da Redação
O policial está internado sob custódia e responderá pelos crimes de homicídio e tentativa de homicídio

O policial está internado sob custódia e responderá pelos crimes de homicídio e tentativa de homicídio

Foto: Divulgação

Renata Sena 

Um cabo da Policial Militar, lotado do 7°BPM (São Gonçalo), identificado como Leandro Alves de Siqueira, matou a esposa e atirou contra os sogros e contra a si, no início da madrugada desta quarta-feira (23). O caso aconteceu na Rua Magistrado Francisco Assis Fonseca, no bairro Zé Garoto, em São Gonçalo. 

De acordo com informações iniciais passadas para a polícia, Priscila da Veiga Freitas, esposa do policial, morreu no local. 

Os pais da jovem, de 54 e 43 anos, também foram baleados pelo PM, que em seguida tentou tirar a própria vida. 

Vizinhos ouviram os disparos e acionaram a PM, que já encontrou a esposa do policial sem vida. Eles socorreram o sogro do PM e o encaminharam para o Pronto Socorro Central de São Gonçalo.  Já a sogra e o próprio policial foram socorridos para o Hospital Estadual Alberto Torres,  no Colubandê.  

Ainda não há informações sobre o estado de saúde das vítimas. 

Agentes da Divisão de Homicídios de Niterói,  Itaboraí e São Gonçalo assumiram o caso, e iniciaram as investigações. 

O policial está internado sob custódia e responderá pelos crimes de homicídio e tentativa de homicídio.  

O corpo da jovem está no Instituto Médico Legal de Tribobó, em São Gonçalo.

Veja também