Integrante de grupo de baloeiros é preso na Trindade, em SG

Residência era usada para armazenar diversos materiais para confecção de balões

Enviado Direto da Redação
Com ele foi apreendido  material para confecção de balões, carretéis de linha chilena e pássaros da fauna silvestre

Com ele foi apreendido material para confecção de balões, carretéis de linha chilena e pássaros da fauna silvestre

Foto: Divulgação

Policiais da Delegacia do Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro (DAIRJ) prenderam em flagrante nesta terça-feira (22/09) um homem que integra uma turma de baloeiros. Ele foi localizado em uma residência no bairro Trindade, em São Gonçalo, que era usada para armazenar diversos materiais para confecção de balões e outros alusivos a esta prática. No local, também foram encontrados carretéis de linha chilena e cinco pássaros da fauna silvestre. A prisão é consequência de uma investigação iniciada pela DAIRJ em julho deste ano quando turmas de baloeiros invadiram o Aeroporto Internacional e trocaram tiros com policiais civis e federais.

O homem foi autuado pela prática dos crimes de organização criminosa, concurso material, fabricar, vender, expor à venda, ter em depósito para vender ou entregar a consumo coisa ou substância nociva à saúde, utilizar espécimes da fauna silvestre, nativos ou em rota migratória, sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente ou em desacordo com a obtida e praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos.

Segundo Adriano França, delegado titular da DAIRJ, as investigações continuam com o objetivo de identificar os demais baloeiros que não foram presos em flagrante no dia da invasão ao aeroporto, bem como evitar a ocorrência de acidente aéreo.

Veja também