Morador do Jardim Catarina com aves silvestres é detido por Polícia Ambiental

As maritacas foram resgatadas de cativeiro

Escrito por Redação 13/07/2020 17:37, atualizado em 13/07/2020 18:24
Os agentes chegaram ao endereço através de uma denúncia anônima
Os agentes chegaram ao endereço através de uma denúncia anônima . Foto: Divulgação/Ibici Silva


No início da manhã desta segunda-feira (13), policiais da Unidade de Policiamento Ambiental (Upam), apreenderam duas maritacas na casa de um morador do bairro Jardim Catarina, em São Gonçalo.



De acordo com a PM, os animais não tinham sinais de maus-tratos, porém o dono não tinha autorização para mantê-las em cativeiro. Os agentes chegaram ao endereço através de uma denúncia anônima.



O responsável pelas duas aves foi encaminhado a 74ª DP (Alcântara). Quanto às maritacas, serão levadas ao Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas), em Seropédica.



O dono poderá ser indiciado pelo crime de pegar espécimes da fauna silvestre brasileira sem a devida permissão ou autorização das autoridades competentes da área. A pena para este tipo de infração é de seis meses a um ano de prisão, além de uma multa.



Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas