'Hello Kitty' reaparece, em 'grande estilo', comemorando aniversário com tiros em SG; veja o vídeo

Jovem fez disparos em comemoração reservada pelo aniversário de 'chefão' do 'CV' no Salgueiro

Enviado Direto da Redação


Quem disse que não houve comemoração pelo aniversário de um dos líderes do Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo? Para burlar as ações das forças de Segurança Pública, os criminosos fizeram comemorações em uma área fechada naquele local, na região de Itaóca, na noite de sábado (13), um dia após a Polícia Militar ter montado uma grande ação, com apoio de quatro blindados e até um helicóptero. Como havia se noticiado nas redes sociais, a festa teve a participação de outras lideranças do Comando Vermelho (CV), mais antiga facção criminosa do Estado, que tem 'bases' também em São Gonçalo. Rayane Nazareth Cardozo da Silveira,a Hello Kitty, foi uma das 'celebridades' presentes e se deixou filmar em um descontraído momento da 'festa' dando tiros de pistola para o alto.


O vídeo está em poder das autoridades da área de Inteligência da Segurança Pública no Estado, que já reconheceram a acusada. Segundo investigações da polícia, além de Hello Kitty, também estiveram na festa, o seu 'superior' e 'chefe', Alessandro Luiz Vieira Moura, Vinte Anos, da comunidade da Nova Grécia, também em São Gonçalo. Segundo as investigações da polícia, a pequena celebração foi organizada e supervisionada pessoalmente por John Lennon Corrêa, o John John, um dos líderes na cúpula do 'G-8', apelido dado pelos criminosos às oito comunidades que compõem o Complexo do Salgueiro. Na festa, segundo comunidades de inteligência, o aniversariante recebeu também visita 'ilustres' de outros 'medalhões' do CV, como Ricardo Severo, o Faustão, do Complexo da Penha, no Rio.


Esconderijo - A região de Itaóca, área de proteção ambiental de São Gonçalo com imensas regiões de mata e pouco habitada, fica próxima à orla da Baía de Guanabara. Por esse motivo, segundo a polícia, é amplamente usada como esconderijo, não apenas para os criminosos do Complexo do Salgueiro, mas também para receber 'hóspedes' do Comando Vermelho de outras regiões. Foi lá, por exemplo, que a polícia conseguiu encontrar Nicolas Labre Pereira de Jesus, o Fat Family, em setembro de 2016, Na época, ele, um dos mais procurados pela polícia no país, acabou morto em troca de tiros. Ali também foi morto em seu esconderijo, Schumaker Antonácio do Rosário, o Piloto, do Jardim Catarina, em abril do ano passado, durante tentativa de 'golpe de estado' de Thomas Jayson Vieira Gomes, o 3N a favor do Terceiro Comando Puro (TCP). No local, segundo levantamentos da polícia, o tráfico tem imóveis só para receber 'hospedes' do CV.


Hello Kitty - Rayane Nazareth Cardozo da Silveira é uma velha conhecida da polícia. De infância pobre, em que chegou a vender balas nos sinais do Alcântara, ela também se converteu à religião evangélica. O envolvimento com criminosos acabou a levando para o 'mundo do crime', em meados de 2018. Na Ilha da Conceição, na Zona Norte de Niterói, iniciou namoro com um jovem ligado ao tráfico e a roubos no asfalto. Ela passou a acompanhá-lo, na garupa de uma moto, armada e fazendo assaltos pela região. Entrou para o tráfico, aprendeu rapidamente os 'segredos' para atirar com armas de grosso calibre e virou a Hello Kitty, o nome de uma boneca que é famosa no mundo inteiro, principalmente pelo público infantil.


Além de acusações por tráfico de drogas, o nome de Rayane também consta em inquéritos sobre assaltos a mão armada na 78ºDP (Fonseca) e 76ªDP (Niterói). Mesmo com a morte do namorado, em 2019, continuou a ter ascensão no submundo do crime. Tem uma grande tatuagem em uma das coxas, o que a leva a andar de calças compridas, para não ser identificada, quando não está em seus esconderijos. Segundo denúncias, Hello Kitty 'bate ponto' no Salgueiro com frequência e é presença constante no 'Baile da Síria'.


Quem tiver qualquer informação a respeito da localização Rayane Nazareth ou qualquer outro criminoso com mandados de prisão em aberto, favor denunciar pelos seguintes canais: Whatsapp ou Telegram Portal dos Procurados (21) 98849-6099; pelo facebook/(inbox), endereço: https://www.facebook.com/procurados.org/, pelo mesa de atendimento do Disque-Denúncia (21) 2253-1177, ou pelo Aplicativo para celular - Disque Denúncia - . O Anonimato é garantido.

Veja também