PM acaba com onda de assaltos de traficantes do TCP em Niterói

Um homem morreu durante troca de tiros com os policiais no Barreto

Enviado Direto da Redação
Em uma das ações, houve troca de tiros e um homem foi morto

Em uma das ações, houve troca de tiros e um homem foi morto

Foto: Divulgação


Um homem foi morto, três presos e um menor apreendido, na noite desta terça-feira (11), acusados de realizarem diversos assaltos nos bairros Fonseca e Barreto, ambos na Zona Norte de Niterói. Todos os suspeitos são oriundos de comunidades controladas pela facção criminosa Terceiro Comando Puro (TCP). 


O primeiro caso aconteceu, por volta das 20h40, quando agentes do 12ºBPM (Niterói) realizavam patrulhamento de rotina pela Rua Doutor March, no Barreto, e foram avisados por uma mulher que dois homens, a bordo de um veículo, modelo Fox, havia roubado seus pertences.


Durante buscas pela região, os policiais encontraram um suspeito e um menor, próximo a praça de Venda da Cruz, e apreenderam um revólver, cinco aparelhos celulares e relógios. Segundo a PM, os suspeitos já haviam realizado outros furtos no Fonseca e são oriundos das comunidades do Santo Cristo e Coronel Leôncio, no mesmo bairro, controlado pelo TCP


Já, por volta das 21h, uma perseguição policial terminou com um morto e dois presos no Barreto, em Niterói. Segundo a PM, os ocupantes de um veículo, modelo Palio, estavam cometendo furtos na região. Durante a ação, os suspeitos tentaram fugir, houve troca de tiros e os acusados acabaram colidindo com um poste na Rua Doutor March. Dois homens, oriundos das comunidades do Pimba, no Fonseca, e Pedreira, em Costa Barros, na Zona Norte do Rio, foram presos e um homem foi morto. Ele seria oriundo também do Pimba, na Zona Norte de Niterói, segundo a PM. 


Os casos foram registrados na 76ªDP (Centro) e na Divisão de Homicídios de Niterói, Itaboraí e São Gonçalo (DHNISG), respectivamente.


Veja também