Traficantes atacam homem em carro de aplicativo e matam o 'alvo' e uma criança de 3 anos

Motorista do aplicativo foi buscar passageiro com a família

Escrito por Redação 19/12/2019 09:07, atualizado em 19/12/2019 08:21
Criança foi encaminhada para o Hospital Municipal, mas não resistiu
Criança foi encaminhada para o Hospital Municipal, mas não resistiu . Foto: Divulgação


Uma criança de três anos e um homem, de 36, morreram após uma ação criminosa envolvendo uma corrida por aplicativo na noite desta quarta-feira (18), na comunidade Risca Faca, em Inoã, Maricá.


Segundo informações, um motorista de aplicativo, que estava com sua esposa e dois filhos no carro, teria sido solicitado para realizar uma corrida na comunidade 'Risca Faca'. Ao chegar no endereço, o passageiro foi atingido ao entrar no carro por disparos realizados por criminosos ainda não identificados, que fugiram logo em seguida. Os tiros atingiram também a família do motorista.


O passageiro identificado como Anderson Leonardo Fontoura Barcelos, o Léo Peixeiro, morreu no local. Um dos filhos do motorista, de três anos de idade, foi baleado e não resistiu. O motorista foi atingido de raspão no ombro.


Mesmo ferido, o motorista dirigiu até encontrar uma viatura da PM. Os policiais levaram a família para o Hospital Municipal Conde Modesto Leal. A criança chegou a ser atendida, mas morreu no hospital. O pai passou por cirurgias e seu estado de saúde não foi divulgado.


'Léo Peixeiro', foi apontado pela polícia como um dos integrantes do crime organizado na região. Ele foi preso em 2015, após ser capturado no mesmo lugar do assassinato com drogas. Ainda não há informações sobre os criminosos que realizaram os disparos, mas a polícia realiza patrulhamentos na região.

A Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí  (DHNISG) investigará o caso. 

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas