Jovem de 17 anos é baleada na cabeça pelo marido, em São Gonçalo

O crime teria sido motivo por ciúme do filho de apena um ano

Enviado Direto da Redação
O estado de saúde da jovem é considerado grave

O estado de saúde da jovem é considerado grave

Foto: Divulgação

Uma jovem de 17 anos foi baleada na cabeça, na noite desta segunda-feira (18), pelo próprio companheiro, de 22 anos, no bairro Arsenal, em São Gonçalo. A vítima foi socorrida pelo pai e levada para Hospital estadual Alberto Torres, no bairro Colubandê. O estado de saúde dela é considerado grave.

De acordo com a família, o acusado estaria com ciúme da relação da vítima com o filho do casal, um menino de um ano.

“Minha filha já tem um relacionamento com ele de cerca de três anos. Eles tiveram um filho, e acabaram morando juntos. Chegaram a se separar uma vez e voltaram. Só que agora, ela queria terminar com ele de vez porque ele demonstrava que se importava mais com ela do que com o próprio filho. Tinha ciúmes”, conta Maria Alves, de 41 anos, mãe da jovem.

Ainda segundo a mãe da vítima, o acusado trabalha como segurança de banco e, por esse motivo, possui armamento, o que teria o ajudado a concretizar o crime.

O pai da jovem, José Roberto Lima, de 38 anos, disse que foi alertado pelos vizinhos sobre o que tinha ocorrido com a filha. Segundo ele, quando ele chegou no local do crime, o neto estava chorando em cima da jovem e o marido já havia fugido.

“Pelo que eu entendi, ele atirou na minha filha com o meu neto no colo dela”, afirmou José Roberto.

A jovem está com a bala alojada em uma região delicada da cabeça e não pode ser operada. O filho dela não foi ferido e está sob os cuidados de familiares.

A família fez boletim de ocorrência no hospital onde a vítima está internada.

Veja também