Em segundo áudio, 3N declara guerra a 'Rabicó', 'Vinte Anos' e 'Faustão'; ouça

Traficante diz que não tem nada contra integrantes do CV

Enviado Direto da Redação
Traficante diz que não tem nada contra integrantes do CV

Traficante diz que não tem nada contra integrantes do CV

Foto: Divulgação


Depois de O São Gonçalo publicar, nesta segunda-feira (11), um áudio onde o traficante Thomas Jayson Vieira Gomes, o 3N, fala em tom de ameaça a todos os seus antigos aliados da facção criminosa Comando Vermelho (CV), o atual líder do Terceiro Comando Puro (TCP) em Niterói e São Gonçalo voltou a falar em áudios nas redes sociais e declarou guerra aos traficantes Antônio Ilário Ferreira, o Rabicó, Alessandro Luiz Viera Moura, o Vinte Anos, e a Ricardo Severo, o Faustão.

Logo no início deste novo áudio, 3N faz questão de frisar que não tem nada contra ninguém de algumas localidades e nem contra integrantes do Comando Vermelho, sua antiga facção, mas que sua guerra é somente contra seu 'ex-chefe'.

"Pode colocar no grupo aí, correto. Não tenho nada contra ninguém de Vista Alegre, de Monjolos, de Mundel. Pode falar pro Comando Vermelho inteiro. Minha guerra é contra o Rabicó do Salgueiro, correto. Do Salgueiro para mim é bala na bala. Eles falaram que iam me matar, manda vir me caçar que eu to preparado para trocar com qualquer um deles", disse.

Em outro momento do arquivo de voz, 3N declara guerra também contra os traficantes Vinte Anos, atualmente líder do tráfico da Nova Grécia, e Faustão, que é oriundo do Complexo do Alemão, no Rio, mas firmou base no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo. Eles dois seriam os líderes do ataque do CV na comunidade do Miriambi, atualmente liderada por 3N e sua facção TCP.

"Aí vem o Vinte Anos, o Faustão querendo tomar o Miriambi, é com eles mesmos. Tô lá, to firme e forte. As vezes tu sonha com um coisa e pode permanecer sem outra, correto", disse em tom de ameaça.

No fim do áudio, que tem duração de mais de três minutos, 3N ainda faz novas ameaças a quem quiser tentar atrapalhar seus planos e entrar na 'guerra' que existe entre ele e Rabicó.

"Estou com meu pé firme no chão. Se tiver que morrer, vou morrer. Se tiver que matar, vou matar, correto. Estou firme e forte independente de facção em qualquer área. Eu sou eu, Thomas Jayson Gomes Vieira, quem quiser peitar, vai peitar, e se for para trocar tiros, vamos trocar sempre. Mas instigação da minha boca não vai escutar nunca e quem quiser me escutar vai morrer como eu já matei uma porrada", falou.

Assim como o áudio divulgado na íntegra nesta segunda-feira, este novo arquivo foi levado para a 74ªDP que confirmou que a voz é do traficante conhecido como 3N, 2N ou Neném.


COMUNICADO - Áudio abaixo contém palavrões.


| Autor:

Veja também