Depois de prender 'Neurótica', polícia volta baterias para 'Bonde do Batom' em SG e Niterói

É cada vez maior o número de mulheres acusadas de integrar funções estratégicas no tráfico

Enviado Direto da Redação

Depois da prisão de Luana Resende do Nascimento, a 'Neurótica', de 35 anos, apontada como uma das lideranças do 'Comando Vermelho' em comunidades de Niterói e do Rio, na Praia de Boa Viagem, em Niterói, na última quinta-feira (6),  a polícia estabelece uma nova meta: a de tirar outras acusadas do sexo feminino das ruas e colocá-las atrás das grades. Anteriormente vistas como o sexo frágil e de pouca intimidade com a criminalidade, as mulheres tem ocupado cada vez mais espaço no mundo do crime


Uma das mais procuradas da lista é Rauane Nazareth Cardoso da Silveira, o 'Hello Kitty', braço direito de Alessandro Luiz Vieira Moura, o Vinte Anos, acusado de comandar o tráfico de drogas da comunidade Nova Grécia, em São Gonçalo. Segundo informações da polícia, o fato de ser mulher não impede 'Hello Kitty' de portar e atirar, com precisão, armas de grosso calibre, como fuzis e metralhadoras. Ela também é investigada por assaltos em áreas pertencentes a 76ª DP (Centro) e 78ª DP (Fonseca) e ser figura presente no controle do tráfico de drogas da Nova Grécia. AS investigações apontam que 'hello Kitty' ingressou recentemente no 'Comando Vermelho (CV), acompanhando o 'chefe 'Vinte Anos'. 


Já em Niterói, estão as outras integrantes do 'Bonde do Batom'. A polícia investiga a participação de Amanda Ferreira de Souza, a Amanda, em diferentes comunidades ligadas ao 'Comando Vermelho' na Zona Norte de Niterói. Acusada de tráfico de drogas e formação de quadrilha, ela já tem passagem pelo sistema carcerário, em 2008. O Portal dos Procurados, canal do Disque Denúncia, divulgou um cartaz com a foto de Amanda, com uma recompensa de R$ 1 mil por informações que levem a localização da acusada. 


Já no Morro do Cavalão, em Icaraí, na Zona Sul da cidade, duas mulheres são investigadas por participação no tráfico de drogas da comunidade, são elas Jaqueline Tavares de Medeiros, a Jaqueline, de 37 anos, e Ana Mary Tavares Medeiros, a Ana Mary, de 38 anos, respectivamente esposa e cunhada de Anderson Rodrigues França, o 'Goelão', preso em junho deste ano, acusado de gerenciar o tráfico de drogas da comunidade a mando de Reinaldo Medeiros Ignácio, o 'Kadá', que, mesmo preso, em Mossoró, no Rio Grande Norte, administra à distância o tráfico no Cavalão. Jaqueline e Ana Mary seriam responsáveis por auxiliar o chefão do morro na administração de finanças do tráfico de uma das comunidades com a maior mancha criminal da cidade.


Contra as duas, há mandado de prisão em aberto pelos crimes de Associação para a Produção e Tráfico e Condutas Afins, Crimes de Tráfico Ilícito e Uso Indevido de Drogas. No Caramujo, na Zona Norte de Niterói, Jéssica de Souza Martins é uma das lideranças do passado no Complexo do Caramujo, é responsável pela administração por parte das finanças da comunidade.


Além dela, atuaria como "auxiliar administrativo do tráfico", Simone de Oliveira, a Simone do Caramujo, de 40 anos, que ajuda no dia-a-dia da criminalidade na região. Segundo as investigações, elas teriam que realizar prestações de contas mensais com o 'chefão' do 'Comando Vermelho' na região, identificado como Luciano Martiniano da Silva, o Pezão, líder da facção no Estado do Rio. Contra as duas, existem um mandado de prisão em aberto pelos crimes de Organização Criminosa e Tráfico de Drogas e Condutas Afins e Roubo Majorado.


Quem tiver qualquer informação a respeito da localização das mulheres que compõe a "A Casa das 7 Mulheres do Tráfico", ou "Bonde do Batom", deve entrar em contato através dos seguintes canais: Whatsapp ou Telegram do Portal dos Procurados (21) 98849-6099; Central de Atendimento do Disque Denúncia (21) 2253-1177; através do Facebook/(inbox), endereço: (https://www.facebook.com/procurados.org/); e pelo aplicativo Disque Denúncia RJ. 

Veja também