Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar down 5,3317 Euro up 5,5621
Search

Bandidos teriam atacado família de PM em SG por ele não permitir tráfico

Policial militar reformado estava morando no local há apenas um mês

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 17 de outubro de 2019 - 17:53
Policial militar morreu e pai morreram na residência
Policial militar morreu e pai morreram na residência -

A polícia credita a chefes do tráfico de drogas do Morro do Feijão, no Paraíso, em São Gonçalo, a autoria do plano para matar o PM reformado  Carlos Roberto Costa Martins, na tarde da última terça-feira (16) e seus familiares, naquela região. Segundo informações chegadas à polícia, Carlos, que estava morando no local há cerca de um mês, para auxiliar um parente no tratamento de câncer, não estava permitindo a atuação dos criminosos na venda de drogas perto da residência.

Segundo informações dos moradores, Carlos não deixava traficantes do Morro do Feijão montar um ponto de venda de drogas na região perto de sua moradia, na Rua Nova Aurora, no Paraíso. Os traficantes, então colocaram em execução o plano para atacar a residência onde estava o policial e matá-lo. Já a morte do pai do PM e os tiros dados no seu irmão, seriam 'apenas' por eles estarem na casa no momento do ataque.

Matérias Relacionadas