Corpo de idosa é encontrado em quintal de casa, em Itaboraí

Mulher estava desaparecida desde o dia 1º de outubro

Enviado Direto da Redação
Mulher estava desaparecida desde o dia 1º de outubro

Mulher estava desaparecida desde o dia 1º de outubro

Foto: Divulgação

O corpo da pensionista Graciete Maria Sanches da Silva, de 68 anos, que estava desaparecida desde o último dia 1º, foi encontrado na tarde da última sexta-feira (11). Segundo a polícia, o corpo estava enterrado no quintal da casa onde ela morava, no bairro Granjas Cabuçu, no distrito de Manilha, em Itaboraí.


De acordo com a filha da vítima, Daisy Sanches, quem teria encontrado o corpo seria um familiar. O sepultamento acontece neste domingo, às 13h, no cemitério de Itaboraí.


"Amigos, venho agradecer a cada um de vocês que incansávelmente compartilharam a foto da minha mãe para ser encontrada. Não deu certo, porque um desgraçado do inferno tirou a vida da minha mãe cruelmente com o único intuito de se vingar de mim, tirar o meu chão, e me fazer sentir culpada para o resto da minha vida. Infelizmente a nossa justiça é falha e nem com todos os índices, esse monstro ficou preso", escreveu Daisy, nas redes sociais. 


Em nota, a Polícia Civil informou que as diligências seguem em andamento para apurar a autoria e materialidade do fato.


O caso - Graciete teria saído de casa para ir a uma igreja evangélica em Del Castilho, na Zona Norte do Rio. A pensionista morava no local com a filha e o neto. 


A última vez em que a idosa teria sido vista, foi quando seguia para o ponto de ônibus sentido Rio.

Veja também