Invasão de 'bonde' de '3N' foi resposta à plano do CV de tomar Miriambi, em SG

Ataque aconteceu na noite de segunda-feira, na comunidade da Central, no Salgueiro

Enviado Direto da Redação

A invasão do grupo liderado por Thomas Jayson Gomes Vieira, o '3N', do 'Terceiro Comando Puro' (TCP) à localidade da Central, no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo, na noite dessa segunda-feira (07), teria sido uma pronta resposta do criminoso ao plano de invasão deflagrado pelo 'Comando Vermelho' (CV), na semana passada,  ao Jardim Miriambi, um de seus redutos. Informações chegadas à polícia dão conta de que Thomas Jayson utilizou pelo menos 20 homens, todos armados com fuzis, para trocar tiros com rivais, em um dos pontos de venda de drogas na localidade da Central. 


Além dele, segundo as informações, alguns dos principais colaboradores, foram ao Salgueiro, entre eles Alexandre Souza Lima, o 'Xandinho', Carlos Eduardo Barros de Oliveira,o 'Grisalho', Bruno Souza Silva, o 'Pelanca' e Luiz Ricardo Monteiro Cunha, o 'Ricardinho'. Todos os envolvidos na invasão à Central são procurados pela polícia e tem recompensas estabelecidas pelo Disque Denúncia para quem der informações que culminem com prisões.


No ataque do grupo de '3N' dois homens foram mortos a tiros. Os traficantes do 'CV' obrigaram um motorista que dirigia um coletivo a transportar os baleados até o Pronto Socorro de São Gonçalo. Pelo menos três carros de passeio teriam sido usados pelo grupo de '3N' para cometer o atentado, que teria sido uma represália ao fato de homens do o 'Comando Vermelho' (CV) terem tentado ocupar o Jardim Miriambi, um dos redutos do 'Terceiro Comando Puro' (TCP). A invasão aconteceu na semana passada, mas o grupo do 'TCP' teria conseguido retomar ao território.    


Quem tiver qualquer informação a respeito da localização do acusado ainda em liberdade, favor informar pelos seguintes canais: Whatsapp ou Telegram do Portal dos Procurados (21) 98849-6099; Central de Atendimento do Disque Denúncia (21) 2253-1177; através do Facebook/(inbox), endereço: https://www.facebook.com/procurados.org/; e pelo aplicativo Disque Denúncia RJ. Visite também o Instagram oficial do Portal dos Procurados ? portal.procurados-.

Veja também