Traficante 3N tenta retomar o Complexo do Salgueiro, seu antigo reduto

Dois homens teriam sido mortos no ataque

Enviado Direto da Redação
Em resposta, bandidos do CV exibiram armas em fotos na redes sociais

Em resposta, bandidos do CV exibiram armas em fotos na redes sociais

Foto: Divulgação

Uma das principais lideranças do Terceiro Comando Puro (TCP) em todo o Estado do Rio, o traficante Thomas Jayson Gomes Vieira, o 3N, foi até o Complexo do Salgueiro, na noite desta segunda-feira (7), matou dois desafetos e desafiou as lideranças do Comando Vermelho.

De acordo com informações preliminares, o traficante, acompanhado de cerca de 20 homens fortemente armados, foram até uma localidade conhecida como Central e trocaram tiros com integrantes da facção rival. Durante o confronto, dois criminosos do Comando Vermelho (CV) foram mortos pelo “Bonde do 3N”, em uma espécie de “baque” do TCP em um dos “quartéis-generais” da facção rival no Estado do Rio.

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra homens armados passando em frente a uma marmoraria. O autor do vídeo afirma que os criminosos em questão são 3N e seus seguranças, identificados como Alexandre Souza de Lima, o Xandinho, e Luiz Ricardo Monteiro Cunha, o Ricardinho, acompanhados de outros traficantes ligados ao TCP.

Nas redes sociais, moradores do Complexo do Salgueiro relataram intenso tiroteio, que começou por volta das 22h desta segunda-feira (7).

Em tom de provocação, uma página ligada ao Comando Vermelho postou uma ameaça ao grupo liderado por 3N.

“Já falei, vcs tão sonhando muito com o salgueiro, vão acabar acordando sem o miriambi, cxd, alma, candoza e 590 (sic)”, em referência às comunidades controladas pelo grupo criminoso rival.

Traficante já tinha feito o mesmo em outro reduto do CV em SG - 3N foi até o Jardim Catarina, um dos principais redutos do CV na região, em agosto deste ano, e matou um de seus 'inimigos' na comunidade. A vítima seria um dos antigos aliados de Schumaker Antonácio do Rosário, o Piloto, antigo chefe do tráfico de drogas da localidade.

Segundo a polícia, a vítima, um menor de idade, seria integrante da facção Comando Vermelho e realizava diversas ameaças ao Terceiro Comando Puro (TCP) através das redes sociais. Em uma delas, ele teria replicado uma foto de um "soldado" da facção e o ameaçado de morte.

Morte de Schumaker foi o estopim para guerra de facções - Após a morte de Schumaker Antonácio do Rosário, o Piloto ou F1, em abril deste ano e a iminente saída de 3N do Comando Vermelho, uma nova guerra pelo controle do tráfico de drogas de São Gonçalo era esperada pela polícia desde então.

3N deixou o Complexo do Salgueiro após matar Schumaker Antonácio do Rosario, o Piloto ou F1 e mais três ‘seguranças’ dele, na localidade de Itaóca, no Salgueiro. As mortes, segundo investigações da Divisão de Homicídios de Niterói, Itaboraí e São Gonçalo (DHNISG) teriam ocorrido pelo fato de Piloto, líder do CV no Jardim Catarina, ter se recusado a acompanhar 3N na mudança de facção.

Veja também