'Bonde do 3N' promete invadir comunidades controladas pelo CV em São Gonçalo

No último domingo (29), o TCP perdeu o controle do tráfico do Jardim Miriambi

Enviado Direto da Redação
Foto foi compartilhada em grupos de WhatsApp que mostra traficantes do TCP armados

Foto foi compartilhada em grupos de WhatsApp que mostra traficantes do TCP armados

Foto: Reprodução


Após a perda do controle do tráfico de drogas do Jardim Miriambi, no último domingo (29), traficantes ligados a facção criminosa Terceiro Comando Puro (TCP) ameaçaram, através das redes sociais, invadir o Anaia, uma das áreas controladas pelo Comando Vermelho em São Gonçalo.


Em uma publicação nas redes sociais, um perfil vinculado ao grupo criminoso fez ameaças a facção rival e afirma que o objetivo está próximo de ser alcançado.


“Falta menos do que faltava. Qualquer dia, o ‘Anaia’ vai tá 3. O papo já foi dado, acredita quem quiser, fale quem quiser”, diz a publicação.


Além da publicação, uma foto foi compartilhada em grupos de WhatsApp que mostra traficantes do TCP armados e com a localização marcada como no interior do Anaia.


De acordo com um agente da Polícia Civil, o principal objetivo do TCP, nos próximos dias, é retomar o controle do tráfico de drogas do Miriambi e avançar para o Anaia, regiões consideradas importantes para uma futura tentativa de invasão no Complexo do Salgueiro, principal sonho de Thomas Jayson Gomes Vieira, o 3N, líder da facção criminosa em São Gonçalo.


No último domingo, integrantes do Comando Vermelho invadiram e expulsaram o Terceiro Comando Puro do Jardim Miriambi, que era controlado pelo traficante Carlos Eduardo Monteiro Barros, o Grisalho. Traficantes ligados ao CV, comandados por um criminoso, conhecido como Botafogo, postaram diversas fotos no interior do Miriambi e permaneceram no interior da comunidade com grande quantidade de fuzis e vestidos com roupas camufladas.


Além disso, fizeram diversas ameaças a facção rival afirmando que iriam invadir o restante das comunidades controladas pelo TCP, como Alma e 590, na Amendoeira.


Morte de Schumaker teria sido o estopim para a nova guerra do tráfico - Após a morte de Schumaker Antonácio do Rosário, o Piloto ou F1, em abril deste ano, e a iminente saída de 3N do Comando Vermelho, uma nova guerra pelo controle do tráfico de drogas de São Gonçalo era esperada pela polícia desde então. 


3N deixou o Complexo do Salgueiro após matar Schumaker Antonácio do Rosario, o Piloto ou F1 e mais três ‘seguranças’ dele, na localidade de Itaóca, no Salgueiro. As mortes, segundo investigações da Divisão de Homicídios de Niterói, Itaboraí e São Gonçalo (DHNISG) teriam ocorrido pelo fato de Piloto, líder do CV no Jardim Catarina, ter se recusado a acompanhar 3N na mudança de facção.


Veja também