‘Criador’ e ‘Criatura’: ‘Rabicó’ e ‘3N’ disputam poder em São Gonçalo

Município tem vivido dias guerra

Enviado Direto da Redação


Diante do iminente retorno da ‘Tropa do Corinthians’, como é conhecido o grupo que o traficante Thomas Jayson Gomes Vieira, o 3N pertence, lideranças da facção Comando Vermelho (CV), comandadas do interior do presídio federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte, por Antônio Ilário Ferreira, o Rabicó ou Coroa, teriam solicitado ajuda de “soldados” do CV oriundos de comunidades do Rio de Janeiro para combater a retomada de favelas gonçalenses pelo TCP.

Após a morte de Schumaker Antonácio do Rosário, o Piloto ou F1, em abril deste ano, e a iminente saída de 3N, do Comando Vermelho (CV), a expectativa da polícia era de uma nova ‘guerra’ de facções na disputa do controle do tráfico de drogas das comunidades de São Gonçalo. Nos últimos dias, o que era esperado tem sido comprovado através de invasões de “soldados” do Terceiro Comando Puro (TCP), liderados por 3N, em favelas comandadas pelas facções rivais, Comando Vermelho e Amigos dos Amigos (ADA).

Nas últimas semanas, traficantes do grupo criminoso tomaram o controle do tráfico de drogas em comunidades da Vila Candoza, Jardim Tiradentes, Raul Veiga, Pacheco, Jardim Miriambi; e buscam aliados na região para conquistarem novos domínios e expulsarem rivais do Comando Vermelho (CV) de locais como Jardim Catarina e Salgueiro, que são bastante visados pelas lideranças do tráfico de drogas da região.

“Acreditamos que o maior sonho do 3N seja retomar o controle do tráfico de drogas do Complexo do Salgueiro, de onde saiu após ter matado o Schumaker. Entretanto, após as últimas atitudes durante o seu ‘mandato’, o seu convívio com o ‘chefão do pó’, o Rabicó, isso só será possível em uma possível guerra no local. Estamos investigando todos os criminosos envolvidos nessa disputa e buscando informações que nos levem a prisões de traficantes das duas facções”, disse um agente da Polícia Civil.

Veja também