Preso vereador de Queimados acusado de liderar milícia

Com ele foram encontradas duas espadas e uma pistola

Enviado Direto da Redação

Uma megaoperação conjunta entre as polícias civil e militar, o Ministério Público estadual (MPRJ) e a Secretaria estadual de Administração Penitenciária (Seap), foi deflagrada na manhã desta quinta-feira (18), para localizar uma milícia conhecida como 'Caçadores de Ganso'.  


Dentre os presos está o policial militar reformado, vereador e ex-secretário de Defesa Civil de Queimados Davi Brasil Caetano (Avante), de 52 anos. Ele foi preso em casa, no bairro São Manoel, e foi encontrado com duas espadas e uma pistola. 

Segundo as investigações, Davi Brasil é o líder da quadrilha, que está envolvida em homicídios, extorsões, roubos e outros crimes na Baixada Fluminense e região. O grupo paramilitar atua em condomínios do programa Minha Casa, Minha Vida e também tem atuação com tráfico de drogas. Vinte seis mandados já foram cumpridos na operação. 


O Portal dos Procurados divulgou hoje um cartaz pedindo informações que possam levar a prisão de Carlos Luciano Soares da Silva, o Macaco Louco. Ele é acusado de envolvimento com a milícia Caçadores de Ganso. Macaco Louco seria o responsável por diversas mortes, principalmente de traficantes e usuários de drogas, e contra ele constam quatro mandados de prisão. 


Quem tiver qualquer informação a respeito da localização do acusado, favor informar pelo Whatsapp ou Telegram do Portal dos Procurados (21) 98849-6099 ou pela Central de Atendimento do Disque Denúncia (21) 2253-1177. Denúncias também podem ser feitas através do Facebook/(inbox) https://www.facebook.com/procurados.org/ e pelo aplicativo Disque Denúncia RJ.  O anonimato é garantido.

Veja também