PM de São Gonçalo é preso em suposto crime de extorsão a traficante

Prisão aconteceu na tarde deste domingo

Escrito por Redação 08/07/2019 15:09, atualizado em 08/07/2019 11:28
Troca de tiros deixou marcas pelo local
Troca de tiros deixou marcas pelo local . Foto: Gilvan de Souza / Agência O Dia

Dois policiais militares, um deles lotado no 7ºBPM (São Gonçalo) e o outro na Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do Andaraí, foram presos em flagrante, na tarde deste domingo (7), sob acusação de extorsão a traficantes.

O esquema, que já vinha sendo investigado pelas Polícias Civil e Militar, seria liderado por um tenente que presta serviço no 5ºBPM (Praça da Harmonia). A investigação ganhou novo caminho quando os dois PMs, que estavam de folga, entraram em confronto com Leonardo Andrade da Silva, o Léo Bracinho, de 28 anos, chefe do tráfico de drogas da comunidade do Pereirão, em Laranjeiras, no Rio. Segundo a polícia, a troca de tiros aconteceu porque os policiais suspeitos estavam de olho em uma grande quantia de dinheiro que Léo Bracinho carregava. Durante a troca de tiros, em Santa Teresa, além do traficantes, um dos PMs também foi baleado.

Os policiais teriam se escondido em um condomínio para esperar o momento certo em que Léo Bracinho passasse com o dinheiro. No momento da abordagem ao traficante, dois seguranças do criminoso reagiram.

Versão dos policiais

Para tentar justificar a troca de tiros em um momento em que deveriam estar de folga, os policiais contaram que sofreram uma tentativa de assalto, que acabou com o traficante morto e um dos militares feridos.

De acordo com a versão dos PMs, três homens chegaram anunciando o roubo e a troca de tiros se iniciou quando um dos policiais reagiu. O PM baleado na perna foi levado para o Hospital Souza Aguiar.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas