Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar up 5,3317 Euro up 5,5605
Search

Polícia argentina apreenda mais de mil armas que seriam enviadas ao Brasil

Dezessete pessoas foram presos na ação

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 27 de junho de 2019 - 13:26
Dezessete pessoas foram presos na ação
Dezessete pessoas foram presos na ação -

Uma megaoperação policial, que envolveu autoridades do Brasil, Argentina e Estados Unidos, terminou com a apreensão de mais de 1000 armas, entre fuzis, espingardas e metralhadoras. De acordo com as investigações, todo armamento seria enviado para o Brasil.

A ação, realizada pela polícia da Argentina, percorreu 52 diferentes endereços de Buenos Aires, Córdoba, Rio Negro e Santiago Del Estero. Além das armas, 17 pessoas acabaram presas.

De acordo com a Polícia Federal, na quadrilha internacional de armas existem dois brasileiros. Um deles já foi preso pela Polícia Civil, enquanto o segundo continua solto.

As armas, segundo informações da polícia argentina, eram transportadas em peças dos Estados Unidos e Europa em direção a Argentina. Lá elas eram montadas e enviadas para o Paraguai, de onde elas eram encaminhadas para o Brasil pela fronteira das cidades de Pedro Juan Caballero com Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul. Esta cidade, vem sofrendo com guerras entre as facções criminosas Comando Vermelho (CV), do Rio, e o Primeiro Comando da Capital (PCC), de São Paulo.

Matérias Relacionadas