Polícia investiga se mototaxista levou neta de Flordelis para jogar celular no mar

DH quer saber se celular pertencia a Flávio dos Santos, suspeito do crime

Enviado Direto da Redação
Mototaxista chegou à delegacia nesta tarde para prestar depoimento

Mototaxista chegou à delegacia nesta tarde para prestar depoimento

Foto: Reprodução


A Polícia Civil investiga se um mototaxista teria levado uma neta da deputada federal Flordelis para jogar um celular no mar, na Praia de Piratininga, em Niterói, no último dia 18, data em que equipes da Divisão de Homicídios de Niterói e São Gonçalo (DHNSG) realizaram buscas na casa onde ocorreu o crime.


O mototaxista de Niterói foi conduzido, por volta das 15h desta quarta-feira (26), para prestar depoimento na DHNSG. A polícia investiga, ainda, se o celular pertencia a Flávio dos Santos, filho do casal que está preso suspeito do crime. 


O mototaxista chegou à delegacia numa viatura descaracterizada e prestava depoimento até o início da noite desta quarta. 


Celular da vítima continua desaparecido


O aparelho do pastor Anderson do Carmo ainda não foi localizado. Em entrevista coletiva concedida na tarde de terça-feira (25), Flordelis afirmou não saber o paradeiro do celular e pediu que quem soubesse, que o entregasse à polícia. 

Veja também